Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


24°
R$

Esporte / Esporte Pará

DE VOLTA

Leão terá dia para se ambientar ao Baenão

quinta-feira, 11/07/2019, 07:57 - Atualizado em 11/07/2019, 10:35 - Autor: Matheus Miranda de Oliveira


| Divulgação

Desde que as obras no Baenão foram intensificadas, há dois meses, com o objetivo de reabrir a praça esportiva, o elenco profissional azulino não treinava na sua casa. Mas, com a confirmação da CBF do alçapão remista como palco da partida diante do Luverdense, no sábado (13), às 15h, o grupo fará o reconhecimento do gramado hoje, para  se ambientar e não dar brecha ao adversário. Com apenas uma dúvida, o Leão irá com força total para o confronto.

A comissão técnica deve manter a mesma escalação da rodada passada, com exceção de Ronaell na vaga de Daniel Vançan, este que saiu machucado contra o Juventude. Contudo, os treinamentos, assim como o de ontem, estão sendo fechados. O intuito é claro: dar uma direção distinta taticamente e tecnicamente depois de ter caído de rendimento em campo. Outro ponto é o encaixe da equipe com o meia-armador Eduardo Ramos, que, a exemplo do final de semana, levou mais velocidade ao time, ao se apresentar mais próximo ao ataque, algo que pode ser explorado, já que o Luverdense tem como pilar o contra-ataque, ao priorizar o sistema defensivo como identidade.

A provável estratégia, com um elemento surpresa no ataque, reforça a necessidade do time em vencer, especialmente diante de uma equipe que fará de tudo para segurar o empate. Para se ter uma ideia, de todos os dois grupos desta Série C, o LEC foi o time que mais empatou na competição, com sete resultados iguais em 11 partidas.

Dessa maneira, querendo passar longe dessa estatística devido a sede de vitória, o Remo necessita do triunfo não apenas para voltar a somar pontos, mas sim, para se manter na zona de acesso. “Acho que devemos focar nas coisas boas que fizemos. O mesmo time que conseguiu ficar sete jogos sem perder, invicto, é o mesmo de agora. Sabíamos que em algum momento iria ter esse momento ruim. Mas confio no Márcio (Fernandes, técnico), conheço essa competição e sei que temos qualidade de mudar isso”, disse o volante Ramires. 

Time provável

Vinícius; Rafael Jansen, Fredson, Marcão e Ronaell; Yuri, Ramires, Eduardo Ramos e Carlos Alberto; Alex Sandro e Marcão Santana.

Jogo no Baenão empolga da torcida aos jogadores

A expectativa azulina em retornar ao Baenão, hoje, com a confirmação do estádio como sede da partida desta rodada, não tem inflamado somente a ansiedade do Fenômeno Azul. Os próprios jogadores apontaram anseio em poder atuar em casa, especialmente nesse momento do time na competição, algo que pode servir como uma injeção de ânimo em busca de voltar a somar pontos na tabela. 

Quem compartilhou do pensamento foi o volante Yuri, que não escondeu a felicidade de poder, enfim, atuar no Baenão, algo que será inédito em duas passagens já pela agremiação. “É algo a se comemorar, sabemos o que jogar em casa tem um sabor diferente, a aproximação da torcida. Usar isso a nosso favor é importante pelo que queremos na competição. Não podemos deixar escapar os pontos. No Baenão temos que ser mais fortes e lutar pela vitória”, ponderou.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS