Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


23°
R$

Esporte / Esporte Pará

VOLTA AO BAENÃO

Agora a obrigação do Leão é vencer em casa!

quarta-feira, 10/07/2019, 07:46 - Atualizado em 10/07/2019, 08:31 - Autor: Matheus Miranda de Oliveira


Belém, Pará, Brasil. Bola. Reforma do Baenão. 06-2019. Foto-Wagner Santana/Diário do Pará.
Belém, Pará, Brasil. Bola. Reforma do Baenão. 06-2019. Foto-Wagner Santana/Diário do Pará. | FOTO-WAGNER SANTANA.

Neymar Junior, craque do PSG e da seleção brasileira, que recentemente tem se notabilizado mais pelos perrengues fora de campo do que propriamente nas quatro linhas, mesmo pivô em um assunto delicado, conseguiu divertir o público ao render alguns “memes” oriundos de conversas particulares no WhatsApp. O principal de todos: “saudades do que ainda não vivemos”. A pérola, usada por muitos em tom de brincadeira, por ironia, acaba utilizada para pontuar ocasiões de tom mais sério, como a relação do volante Yuri com o estádio Baenão.

Um dos jogadores do atual elenco azulino, Yuri, que soma a segunda passagem pela agremiação, ainda não teve a oportunidade de estrear oficialmente no alçapão remista. Em mais de 40 partidas pelo Leão, nenhum jogo oficial como mandante no estádio. E como a praça esportiva vai reabrir já neste final de semana, diante do Luverdense, o profissional destacou a importância que será atuar pela primeira vez lá. 

“É um jogo que com certeza vai ficar pra história. Então, a gente tem que fazer uma semana boa, porque é um jogo que vale mais do que só 3 pontos. É o retorno ao Baenão. Ainda não joguei, não tive esse privilégio, mas vamos ter o privilégio de poder estrear essa casa nova”, comentou confiante o defensor.

MOMENTO DELICADO

Com quatro partidas sem vitórias na Série C, algo que incomoda a todos, Yuri reiterou que é preciso encontrar soluções. “Faltam sete jogos agora. Sete jogos, sete semanas, menos de dois meses para conseguir essa classificação. A gente tem conseguido encurralar o adversário, mas não temos conseguido fazer os gols. Em casa somos fortes e, no Baenão, tem tudo para fortalecer ainda mais”, cravou.

Na mesma linha de raciocínio dos companheiros de grupo, o atleta destacou que a partida contra o Luverdense pode ser um divisor de águas. “Esse jogo vai dizer muito. É procurar dar uma resposta dentro de campo. Como falei, a gente tem que achar uma solução”, disse. 

REMANESCENTE

Eduardo Ramos é o único jogador do atual elenco azulino que esteve presente na última partida oficial no Evandro Almeida, há cinco anos. “Joguei na semifinal contra o Independente. Foi um jogo bom”, lembra, já de olho na partida de sábado.  “Eu vi como o Baenão está e dá orgulho. Tem que parabenizar quem está por trás. Claro que bate vontade de jogar e vencer e dá orgulho pra nossa torcida”, disse.

Reabertura do estádio é motivação para equipe  

Mesmo com o rendimento ruim neste returno da Série C, não há outro assunto no Remo que tenha estimulado mais a torcida do que a reabertura do estádio Baenão. As atenções se redobram com a partida de volta ao alçapão confirmada para este sábado, contra o Luverdense, pela 12ª rodada da Série C do Brasileiro. O retorno pode servir como motivação que o time precisa para voltar a vencer. 

“A gente sabe que precisa da vitória, da pontuação, para continuarmos na parte de cima da tabela. O Remo construiu um momento bom no primeiro turno e acredito que tem tudo o que é necessário para fazer o mesmo agora nessa reta final”, disse o centroavante Marcão Santana.

Apesar de estar a um ponto do quinto colocado, o que pressiona o time a sair com o resultado positivo, por outro lado, em caso de uma combinação, os azulinos podem encerrar a rodada na ponta da tabela. Mas, de acordo com o atacante, o objetivo, nesse momento é somar pontos. “Enfrentamos times bem colocados e que também querem o espaço. Temos que primeiro vencer e ir atrás dos três pontos antes de qualquer coisa”, reiterou.

Eduardo Ramos é o único jogador do atual elenco azulino que participou do último jogo oficial no Baenão, em maio de 2014
Belém, Pará, Brasil. Bola. Reforma do Baenão. 06-2019. Foto-Wagner Santana/Diário do Pará. | FOTO-WAGNER SANTANA.
Belém, Pará, Brasil. Bola. Reforma do Baenão. 06-2019. Foto-Wagner Santana/Diário do Pará.
Belém, Pará, Brasil. Bola. Reforma do Baenão. 06-2019. Foto-Wagner Santana/Diário do Pará. | FOTO-WAGNER SANTANA.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS