Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

MITO TÁ ÁREA 

Pela quarta vez: Remo investe de novo no 'salvador da Pátria'

segunda-feira, 01/07/2019, 07:40 - Atualizado em 01/07/2019, 10:54 - Autor: Matheus Miranda de Oliveira


Embora querido por grande número da torcida azulina, que pediu pelo seu retorno devido o baixo rendimento técnico no setor de criação, Eduardo Ramos, 33 anos, mesmo com toda a sua contribuição, em especial no acesso à Série C de 2016, hoje não é unanimidade internamente e externamente pelas bandas do Mais Querido. Contudo, mesmo os mais críticos visualizam a sua integração como esperançosa, já que o jogador se destaca entre os companheiros de posição.

- Eduardo Ramos chega em Belém e é recepcionado por torcedores

Remo confirma volta de Eduardo Ramos ao som de Ameno ou 'Dorimê'

O exemplo recente foi no empate em 2 a 2 da equipe com o Boa Esporte, no último sábado, fora de casa, quando os azulinos apresentaram uma “cratera” na zona central, sem criação no decorrer de toda a partida. O placar, que foi construído com gols de Fredson e Alex Sandro pelo lado remista, e Pedrinho e Tsunami pelo lado mineiro, no entanto, fez os azulinos somarem ponto e ficarem na segunda posição na tabela.

- Expectativa: Eduardo Ramos chega em pleno verão paraense e jácom moradia definida

- Eduardo Ramos chega para assinar com o  Remo

De acordo com o próprio presidente azulino Fábio Bentes, que já havia descartado a vinda do meia, o principal empecilho era relativo às bases salarias, além da multa que deveria ser paga ao Cuiabá (MT). A reviravolta na negociação aconteceu após o profissional abrir mão do seu último salário no Dourado, o que fez o valor da pedida do até então detentor do seu passe caísse consideravelmente - para R$ 50 mil. Assim, o valor ficou de ser pago por parceiros/abnegados da agremiação. Quanto ao salário, Eduardo Ramos irá dividir o teto estipulado pela diretoria ao lado do goleiro Vinícius.

Com aval do técnico, ER10 deve ser o termômetro do time

O empate contra o Boa Esporte, que poderia ter sido uma vitória já que o Leão esteve duas vezes à frente do marcador, não maquiou a fraca partida do Clube do Remo no final de semana. Mesmo dando oportunidade para jogadores que não vinham atuando, a equipe não apresentou recursos em campo, algo similar com o que foi exibido no clássico Re-Pa pela última partida do primeiro turno, o que preocupou a comissão técnica em jogos do mata-mata, caso o time garanta a vaga, já que os jogadores sentiram a pressão de um duelo grande.

 

Remo já está há três jogos sem vencer e precisa reencontrar o rumo
Remo já está há três jogos sem vencer e precisa reencontrar o rumo
 

Dessa maneira, o retorno de Eduardo Ramos, além de contribuir com a sua qualidade técnica, deve servir como uma ponte direta da comissão técnica para os gramados, através de uma liderança nas quatro linhas. “Eu conheço o jogador. Ele tem essa característica de ser mais maduro, malandro, segurar a bola. E neste momento é um atleta que faz falta no nosso grupo. Dando certo, vai ajudar bastante a equipe. Trazer o Eduardo pode dar o equilíbrio que a gente precisa”, pontuou o técnico Márcio Fernandes.

Mas, mesmo anunciado para reforçar a equipe, o comandante precisará contar com a regularização do atleta para tê-lo em campo na 11° rodada, diante do Juventude, concorrente direto pela ponta da tabela. E, ciente de que o Remo precisa da vitória, Márcio Fernandes repercutiu o resultado do jogo contra o Boa Esporte, que foi o terceiro seguido sem vitória. “Faltou um pouco mais de malandragem, tranquilidade para sair com a vitória. O empate fora não é um resultado ruim, mas, por tudo que foi o jogo, depois de ter conseguido o segundo gol, não poderíamos ceder esse empate. São coisas que acontecem para que possamos acertar mais para a sequência”, analisou.

O meia Eduardo Ramos está de volta ao Leão e a torcida está esperançosa.
|
Remo já está há três jogos sem vencer e precisa reencontrar o rumo
|

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS