Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

O PLANO É ESSE!

Remo quer reencontrar vitória e se firmar no G4

sábado, 29/06/2019, 10:03 - Atualizado em 29/06/2019, 18:36 - Autor: Matheus Miranda de Oliveira


Danilo Baía é a novidade no ataque, ao lado de Alex Sandro.
Danilo Baía é a novidade no ataque, ao lado de Alex Sandro. | Fernando Araújo

O returno do Campeonato Brasileiro da Série C, para o Clube do Remo, inicia nesta noite e com dois propósitos interligados: o retorno ao caminho das vitórias e, consequentemente, a estabilidade na parte de cima da tabela. Dessa maneira, a partida contra o Boa Esporte, no estádio Melão, em Varginha (MG), a partir das 19h15, é encarada como decisiva para as ambições da agremiação.

Por isso, para espantar a má fase e na tentativa de virar a décima rodada na liderança do Grupo B, o objetivo é repetir o mesmo resultado do primeiro duelo entre as equipes, ocasião em que o Leão saiu com os três pontos.

A expectativa agora é quanto à postura que os azulinos irão adotar no decorrer dos 90 minutos da partida. Pois, com a tendência de iniciar o jogo com quatro mudanças, especialmente no setor ofensivo, com a entrada de Danillo Bala e Alex Sandro nas vagas de Gustavo Ramos e Emerson Carioca, respectivamente, as duas derrotas recentes devem fazer com que o Remo atue de forma mais recuada.

CAUTELA

O treinador Márcio Fernandes destacou que é preciso ter cautela, já que o adversário tentará de tudo para garantir a pontuação máxima. “Eles não vivem um momento muito cômodo e isso dificulta ainda mais as coisas. Eles têm uma equipe qualificada. O jogo não será fácil, mas temos a convicção da nossa capacidade de entrar no jogo e conquistar o nosso objetivo, que é a vitória”, disse.

ALTERAÇÕES

O esboço do time que irá atuar nesta noite permitirá ao Remo ser mais veloz, algo que para o técnico é importante, sobretudo pelo fato de ser o visitante no combate. Sem um jogador de referência, o foco é aproveitar as laterais, algo que é visto como ponto fraco do time mineiro. Assim, para voltar a somar, Márcio Fernandes testará alternativas para que o grupo volte a marcar gols, algo que está em falta há duas partidas.

“Os gols não estão saindo. Então, temos que encontrar outras formas, outras maneiras para as nossas jogadas criadas sejam concluídas em gol. Estamos sempre procurando melhorar o time”, explicou o treinador.

RIVAL TÁ NO SUFOCO PRA SAIR DA ZONA DE RISCO

Diferentemente do Remo, que divide a liderança da competição, o Boa Esporte está empatado com o Luverdense na penúltima colocação do Grupo B da Série C, mas com saldo superior, o que o coloca na primeira colocação fora da zona da degola.

Dessa maneira, os mineiros almejam vencer o Clube do Remo para afastar o quanto antes o risco de entrar no Z4 e, para isso, contam com o fator casa. Isso porque 8 dos 9 pontos conquistados na competição foram como mandante.

No embalo, o treinador Paulo Foiani deverá manter o mesmo time que tem atuado e voltar a vencer e, de quebra, levar a terceira derrota consecutiva do rival, apesar de apontar os momentos opostos.

“O Remo é uma equipe muito bem treinada, objetiva. Tivemos dificuldade em Belém. Aqui vamos levar a dificuldade pra eles. Vai ser um bom espetáculo, isso eu posso garantir”, destacou.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS