Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

OLHA A BRUXA!

Em seu primeiro treino, Wesley Pacheco deixa o gramado com dores

terça-feira, 18/06/2019, 08:24 - Atualizado em 18/06/2019, 11:32 - Autor: Onildo de Melo Lima


Eita maré braba. É o que deve ter pensando o técnico Hélio dos Anjos na sua volta a Belém, depois de ter acompanhado, em Belo Horizonte, o casamento de seu filho e auxiliar Guilherme dos Anjos. Não bastasse ter encontrado em sua volta à Curuzu o Paysandu há seis jogos sem vitória na Série C do Brasileiro e dois grandes desfalques para o Re-Pa do domingo - os laterais Tony e Bruno Collaço, suspensos -, o treinador ainda viu no treino da tarde de ontem, na Curuzu, o novato Wesley Pacheco, bastante aborrecido, não sem razão, deixar a movimentação com dores na panturrilha esquerda.

A contusão do atacante recém-contratado aconteceu poucos minutos depois dele ter sido apresentado à imprensa. Na oportunidade, Wesley falava sobre a possibilidade de fazer a sua estreia com a camisa do Papão no maior clássico da Amazônia. “Se o professor optar por mim pra jogar, vou dar a vida, vou me entregar, seja nos 45, 60 ou 90 minutos”, afirmou, na coletiva, o jogador. Wesley falou sobre o seu condicionamento. “Fisicamente estou bem. Vinha treinando normalmente. Só que o ritmo de jogo é o mais importante”, disse.

Sobre a entrada ou não no time, o jogador já havia colocado a decisão nas mãos de Hélio dos Anjos. “Isso quem tem de ver é o professor. Tem outras pessoas, outros colegas que têm também condições de jogar”, salientou Wesley. Da parte dele, o atleta se dizia pronto para entrar na equipe e encarar o Leão. “Mas estou preparado e se o professor precisar estou preparado. Quero jogar”, contou. Só que o atleta terá de ficar apenas na torcida por seus novos companheiros, sem saber quando a desejada estreia acontecerá.

Wesley, ainda na coletiva, admitiu que a fase não é das mais positivas para o Papão, que não vence há oito partidas, seis delas pela Série C - as outras duas pela Copa do Brasil. “A gente realmente não está passando por uma boa fase”, reconheceu. “Mas todos aqui estão se esforçando, trabalhando muito para tirar o Paysandu dessa situação”, afirmou. O jogador que ficou “em casa”, como disse, por dez dias antes de acertar com o Papão está há um tempo bem maior sem disputar um jogo oficial.

A última vez que o atleta assinou uma súmula e entrou em campo foi ainda em 2018, quando enfrentou o Corinthians-SP, defendendo sua ex-equipe, o América-MG, pela Série A daquele ano. A partida aconteceu no dia 29 de setembro, com o placar registrando o empate por 0 a 0, em Belo Horizonte. Apesar da saída de campo com dores, o jogador ainda pode voltar a campo no domingo, já que o mesmo garantiu, via assessoria de imprensa bicolor, que tudo não passou de um susto e que marcará presença no treino desta tarde na Curuzu. A conferir.

E MAIS...

- O Paysandu anunciou, ontem, o desligamento oficial do volante Marcos Antônio do elenco do clube. O jogador havia sido afastado do elenco bicolor após ser expulso, infantilmente, no jogo contra o Atlético-AC, pela 7ª rodada da Série C do Brasileiro. O atleta vinha aguardando a rescisão de seu contrato com o clube, que, em princípio, iria até o final da temporada. Ontem, depois de receber o que tinha direito, o meio-campista foi definitivamente liberado, podendo, a partir de agora, acertar o ingresso em outra equipe.

- Marcos Antônio, de 31 anos, fez um total de 18 jogos pelo Papão, marcando dois gols. O jogador chegou a encantar o torcedor bicolor nos primeiros jogos, mas depois caiu de produção, perdendo, inclusive, a titularidade em algumas partidas. A expulsão com 10 minutos do jogo em Rio Branco, acabou tirando o técnico Hélio dos Anjos do sério, pois, na análise do treinador, a perda de um atleta com pouco tempo de jogo fez com que o Papão não chegasse à vitória e ainda colocou em risco o empate fora de casa.

- Com a liberação do volante, restam agora outros três atletas afastados do elenco e que também serão chamados a qualquer momento para rescindir contrato. São eles, o goleiro Douglas Silva, o volante Alex Galo e o atacante Paulo Henrique. Após o afastamento dos jogadores, a diretoria bicolor anunciou a contratação do atacante Wesley Pacheco, ex-América-MG, atleta que ainda não fez a sua estreia com a camisa bicolor, o que poderá ocorrer no Re-Pa do próximo domingo.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS