Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Pará

DIZ AÍ, TREINADOR

Remo tem boa postura contra o Tombense, mas esquece da malandragem

terça-feira, 04/06/2019, 09:02 - Atualizado em 04/06/2019, 09:02 - Autor: Matheus Miranda de Oliveira


O treinador do Clube do Remo, Márcio Fernandes, ao encerramento do jogo de ontem, fez questão de enaltecer a postura da equipe azulina, que soube se portar de igual para a igual e, em certo momento, foi superior diante do Tombense, na casa do rival. Contudo, o comandante não escondeu a decepção em ter visto o placar favorável escapar pelos dedos.

De acordo com o técnico, essas adversidades são naturais da competição, mas frisou que faltou um pouco de malícia por parte dos azulinos para segurar o placar. “Acho que a equipe foi muito boa, mas faltou pra gente um pouco mais de malandragem, segurar um pouquinho, porque a vitória estava em nossas mãos”, definiu.

Para Márcio Fernandes, contudo, o Remo está vivo na competição e, com a proximidade para o duelo contra o Volta Redonda, marcado para este sábado, o técnico aproveitou para alfinetar os responsáveis pela logística da competição. “A gente sai chateado, mas está na luta ainda. Mesmo depois de ter sofrido o gol ainda tivemos chances. Mas os jogadores estão de parabéns, mesmo com a logística. Vamos chegar na madrugada de quarta, não vamos nem nos preparar. Triste fico quando a gente tenta mudar o jogo para domingo para se preparar e não consegue”, cravou.

BOA ESTREIA

Na sua estreia como titular, o lateral-esquerdo Daniel Vançan, poderia ter encerrado a noite passada sendo um dos responsáveis diretos por uma vitória do Clube do Remo, o que recolocaria o time na ponta do grupo B, ao ter sido autor do gol de empate em cobrança de falta. Mas o jogador, que atuou nos dois tempos, também compartilhou o dissabor com o restante do elenco, pelo empate em 2 a 2.

O atleta, que avaliou como regular a sua participação, não desmereceu o resultado, mas, assim como os companheiros, reconheceu o deslize que culminou com o empate. “Como a gente disse, é sempre bom estar somando pontos. Fica um gostinho meio amargo por tudo que criamos. Mas acho que estamos no caminho certo. A gente não deixou de acreditar em momento nenhum”, destacou.

Ciente que botou fogo para se credenciar na titularidade, Daniel Vançan acredita que em casa, contra o Volta Redonda, no sábado, as coisas serão diferentes. “Estou trabalhando duro para jogar. Vamos trabalhar para voltar a Belém e buscar vencer. Não digo que foi vacilo, mas é importante estar somando e com certeza em Belém vamos atrás desses três pontos”, pontuou.

E MAIS...

- Por pouco, o Remo não engatou a sua terceira vitória nesta Série C, sendo a segunda consecutiva, mas a equipe cedeu o empate próximo dos acréscimos, o que não passou despercebido pelos atletas no pós-jogo. “É difícil assimilar esse ponto, estávamos com a vitória certa. Mas não deixa de ser um ponto importante. A gente sabe que na Série C é sempre bom estar pontuando”, disse o meia Douglas Packer.

- O goleiro Vinícius também não escondeu a decepção pelo empate, mesmo destacando a importância do resultado final. “Poderíamos ter vencido. Mas valeu a felicidade do jogador da Tombense, que fez um golaço (segundo). Poderia ser a vitória agora, mas a gente trabalha muito e vamos colocar a cabeça no lugar até porque estamos bem na competição”, comentou.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS