Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


25°
R$

Esporte / Esporte Brasil

Esporte Brasil

Jogador do Cruzeiro sai da concentração, vai fumar maconha em praça e acaba detido

domingo, 13/01/2019, 10:47 - Atualizado em 13/01/2019, 10:54 - Autor:


Com expectativa de ganhar espaço no time de Mano Menezes, o zagueiro Cacá, do Cruzeiro, foi preso na madrugada deste domingo (13). Ele estava em seu carro, portando maconha.



Cacá e uma mulher estavam no automóvel do atleta, trafegando pela região da Pampulha, em Belo Horizonte, quando foram abordados pela Polícia Militar, por volta de 1h30 da manhã. Na ocasião foi efetuada uma busca pessoal no atleta e foram encontrados no bolso de sua blusa oito buchas de maconha e dois cigarros prontos da mesma substância.



Zagueiro Cacá, em treino do Cruzeiro. (Foto: Vinnicius Silva/Cruzeiro)


O zagueiro tem 19 anos e confessou o uso do material ilícito. Na Central de Flagrantes da Polícia Civil, no Bairro Padre Eustáquio ele disse que depois de sair da concentração do Cruzeiro, na Toca da Raposa 2, fez o uso da droga na Praça do Papa, na região Sul de Belo Horizonte. Cacá foi liberado em seguida. O elenco do cruzeirense está desde 3 de janeiro concentrado no local.


Em seguida, ele foi liberado. Na delegacia, o jogador alegou que depois de sair da concentração do Cruzeiro, na Toca da Raposa 2, fez o uso da droga na Praça do Papa, na região Sul de Belo Horizonte. A moça que acompanhava o atleta tem 18 anos, e confirmou o que ele disse. Mesmo liberado, Cacá terá que voltar à delegacia para prestar esclarecimentos.



Vale lembrar, que o zagueiro integrou o elenco do Cruzeiro nos títulos do Brasileiro e da Supercopa Sub-20. Ele foi profissionalizado pelo clube e integrou o elenco que conquistou os títulos do Mineiro e da Copa do Brasil de 2018.


Para esta temporada, Cacá deve ganhar mais chances com o técnico Mano Menezes. O treinador, aliás, já deu algumas oportunidades ao jogador, no final da última temporada.


(Com informações do Super Esporte)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS