Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


24°
R$

Esporte / Esporte Brasil

Esporte Brasil

Jobson é preso por determinação da Justiça

terça-feira, 06/06/2017, 09:32 - Atualizado em 06/06/2017, 17:45 - Autor:


O atacante Jobson, ex-Botafogo, voltou à prisão nesta segunda-feira (5) por determinação da Justiça. O atleta, que foi detido em junho de 2016, mas ganhou liberdade provisória três meses depois após pagar fiança, responde a um processo pelo crime de estupro de vulnerável.


O processo foi instaurado no Pará, em 2016, mas encaminhado para o Estado do Tocantins após a Justiça paraense alegar não poderia ficar com o caso, uma vez que a chácara onde o crime de estupro de vulnerável ocorreu no município tocantinense de Couto de Magalhães.


Jobson é suspeito de estuprar quatro adolescentes.


As medidas cautelares da liberdade provisória de Jobson estabeleciam o pagamento de fiança de 25 salários mínimos, não beber nem usar drogas, não frequentar bares ou boates, não deixar a comarca onde mora sem autorização da Justiça e permanecer em casa no período entre 19h e 06h.


DESCUMPRIU AS MEDIDAS E SE ENVOLVEU EM ACIDENTE



Na última sexta-feira (2), o jogador se envolveu em um acidente de trânsito com vítima fatal entre os municípios de Marianópolis e Divinópolis, no oeste tocantinense.


Uma pessoa morreu e outras quatro ficaram feridas, inclusive Jobson. O ex-Botafogo foi levado para o hospital, mas abandonou o local sem passar por exames médicos.


O atacante, apontado por muitos como habilidoso, está suspenso do futebol desde abril de 2015, por determinação da Fifa.


A suspensão expira de março de 2018, devido a acusação de Jobson se recusar a fazer um exame de antidoping pelo Al Ittihad, clube da Arábia Saudita.



Leia mais sobre o caso no DIÁRIO desta quarta-feira (7).


(DOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS