Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
A ALEGRIA ACABOU

Após morte da mãe, Ronaldinho estaria exagerando nas festas e álcool

O jogador está morando em Porto Alegre desde que deixou a prisão no Paraguai.

segunda-feira, 15/03/2021, 11:19 - Atualizado em 15/03/2021, 11:17 - Autor: Com informações de IG


Imagem ilustrativa da notícia Após morte da mãe, Ronaldinho estaria exagerando nas festas e álcool
| Reprodução

Os amigos mais antigos de Ronaldinho Gaúcho, sobretudo os da época do futebol, estão bastante preocupados com o craque, após a morte da mãe .

Morando em seu haras em Porto Alegre praticamente desde que deixou o Paraguai, onde foi preso há um ano, ele vive uma rotina bem diferente da que teve a maior parte da vida, quando brilhava nos gramados do mundo todo. R10 está abusando da bebida alcóolica, segundo fontes.

Ronaldinho

“Todo dia é de festa. Ronaldo começa a beber de manhã, vodca, uísque, gin, e só para na madrugada seguinte. Não é de hoje isso, mas notamos que ficou mais intenso após a morte da mãe dele”, conta um amigo, que por motivos óbvios prefere não se identificar.

Nem mesmo quando Dona Miguelina estava internada por conta do coronavírus, que acabou a matando cerca de um mês depois, Ronaldinho Gaúcho sossegou, conta o amigo: “Nada mudou. Teve festa de réveillon e tudo, vários amigos do Rio foram para lá porque ele se sente muito sozinho naquele lugar imenso. É churrasco, pagode, resenha sempre”.

Duas dessas pessoas que Ronaldinho costumava “importar” para a capital gaúcha chegaram lá em outubro e não retornaram para suas vidas. Jessica Castro é uma destas pessoas que estão sempre ao lado dele. É o tipo de amiga que sabe bem que para se manter aliada ao ex-jogador tem que ser discreta e, portanto, esquecer que celular existe. 

Mas nem sempre é possível. Fotos dela postadas no Instagram mostram o haras de fundo e alguns vídeos exibem a fartura de churrascos e noites japonesas que a moça chama de orgia gastronômica. Uma destas aconteceu poucos dias depois da morte da mãe do amigo.

O haras de Ronaldinho ocupa uma extensa área, completamente vigiada por seguranças, que evitam a chegada de curiosos e também dos oficiais de justiça, que tentam intimar sem sucesso o jogador, envolvido em vários processos. “Ele vive numa fortaleza com tudo o que precisa. Ronaldo tem um coração imenso e faz questão de ser generoso com os amigo. Mas nem todos são de verdade e não veem que ele está fazendo muito mal a ele mesmo”, lamenta outra amiga do jogador aposentado.


Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS