Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Brasil

BRASILEIRÃO

Com expulsões, Grêmio e Fortaleza ficam no empate

domingo, 13/09/2020, 18:50 - Atualizado em 13/09/2020, 18:58 - Autor: FOLHAPRESS


| Reprodução/Instagram

Grêmio e Fortaleza empataram por 1 a 1 neste domingo (13), em Porto Alegre, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro. Os gols da partida foram marcados por Diego Souza e Osvaldo.

A partida ficou marcada pelo clima tenso no segundo tempo, resultando na expulsão do gremista Luiz Fernando e de Gabriel Dias, pelo lado dos visitantes.

Com o resultado, as duas equipes ficam no meio da tabela de classificação, com 12 pontos, e perdem a chance de encostar nos primeiros colocados.

Na próxima rodada, o time comandado pelo técnico Renato Gaúcho enfrenta em casa a equipe do Palmeiras, enquanto o Fortaleza voltará aos seus domínios para jogar contra outro time do Rio Grande do Sul, desta vez contra o Internacional.

TIME TITULAR EM CAMPO

Mesmo com um jogo importante no meio de semana, Renato escalou os donos da casa com praticamente força máxima, visando somar pontos no principal torneio nacional. O tricolor gaúcho encara a Universidad Católica, fora de casa, pelo Grupo E da Copa Libertadores da América.

MAICON MACHUCADO

Uma das principais peças do elenco do Grêmio, o volante Maicon preocupa o torcedor tricolor. Isso porque o experiente volante deixou o campo com fortes dores e foi substituído logo no primeiro tempo.

DUAS TENTATIVAS

O gol do Grêmio saiu em cobrança de pênalti no começo do segundo tempo, só que Diego Souza precisou cobrar duas vezes para valer. Isso porque na primeira tentativa o atacante errou e o tento foi marcado no rebote por Luiz Fernando, porém o atleta invadiu a área antes da cobrança e a tentativa foi anulada pelo Var.

O MELHOR: OSVALDO

Além de fazer o gol do Fortaleza no primeiro tempo, o atacante ajudou na marcação e era a principal válvula de escape do Leão quando tinha a bola. A atuação não foi exemplar, mas o suficiente para se destacar na partida fraca tecnicamente deste domingo (13).

O PIOR: MEIO-CAMPO DO GRÊMIO

O meio campo dos donos da casa esteve longe dos melhores dias e as raras chances que o Grêmio teve ao longo do jogo foram de jogadas espontâneas e individuais. A falta de intensidade no setor foi fundamental para o resultado.

ATUAÇÃO DO GRÊMIO

O clube gaúcho teve como principal estratégia usar o atacante Diego Souza como referência e dar espaço para os jogadores de velocidade, como Everton e Alisson. Só que a dupla de zaga do time visitante se comportou muito bem, principalmente na primeira etapa, anulando as chances gremistas.

ATUAÇÃO DO FORTALEZA

A equipe se comportou de maneira defensiva ao longo de toda a partida e conseguiu abrir o placar após um lance inesperado no primeiro tempo. A postura defensiva exagerada comprometeu o time no segundo tempo e os três pontos fora de casa não vieram ao grupo de Rogério Ceni.

O JOGO

O Grêmio tomou conta das ações iniciais, tendo maior posse de bola e maior tempo no campo adversário. A principal jogada era achar Diego Souza e criar pelas pontas após o centroavante ser acionado.

Porém, o time pecava nas finalizações e viu o Fortaleza abrir o placar após erro da defesa. Aos 16 minutos, o atacante Osvaldo cruzou na área e a bola entrou sem ninguém chegar perto da bola - o goleiro Vanderlei esperava um cabeceio adversário que não aconteceu.

O gol "inesperado" deixou os comandados por Renato Gaúcho mais impacientes e os erros começaram a aumentar, principalmente no setor de meio-campo, Para piorar, o experiente volante Maicon sentiu fortes dores e deixou o gramado ainda na primeira etapa.

No segundo tempo, o clima esquentou já aos dois minutos quando o árbitro da partida assinalou pênalti para o Grêmio. O gol de Diego Souza mudou o ritmo do confronto, já que agora o placar estava empatado.

Já aos 27 minutos, Luiz Fernando e Gabriel Dias se estranharam e quase se agrediram fisicamente, o suficiente para o árbitro mostrar o cartão vermelho para ambos, deixando os dois times com dez em campo.

GRÊMIO

Vanderlei; Orejuela, Geromel, David Braz e Cortez; Maicon (Robinho), Darlan, Alisson, Isaque (Luiz Fernando) e Everton; Diego Souza. Técnico: Renato Gaúcho

FORTALEZA

Fortaleza: Felipe Alves; Gabriel Dias, Quintero, Paulão e Carlinhos (Bruno Melo); Ronald (Luiz Henrique), Juninho e Romarinho; David (Yuri César), Wellington Paulista (Marlon) e Osvaldo (Derley). Técnico: Rogério Ceni

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Árbitro: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)

Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Sidmar dos Santos Meurer (MG)

VAR: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)

Cartões amarelos: Robinho (Grêmio); Rogério Ceni e Osvaldo (Fortaleza)

Cartões Vermelho: Luiz Fernando (Grêmio); Gabriel Dias (Fortaleza)

Gols: Osvaldo, aos 16 minutos do primeiro tempo, e Diego Souza, aos seis minutos do segundo tempo

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS