Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Brasil

DEVER DE CASA

Flamengo quer vencer no Maraca para encostar nos líderes

sexta-feira, 04/09/2020, 16:31 - Atualizado em 04/09/2020, 16:31 - Autor: FOLHAPRESS


As vitórias em sequência contra o Santos e o Bahia, ambas pelo Campeonato Brasileiro, reforçaram o poder do Flamengo como visitante, mas também evidenciaram uma questão com a qual os rubro-negros andavam desacostumados.


Se a equipe tem o melhor aproveitamento do Brasileiro atuando fora de casa (75% dos 12 pontos disputados), a situação em seus domínios é totalmente inversa. Em sete partidas até aqui, o Flamengo obteve todas as suas três vitórias longe do Maracanã.

Em seus domínios, o clube rubro-negro soma uma derrota e dois empates, números que deixam a equipe do treinador espanhol Domènec Torrent com o pior aproveitamento entre os donos da casa na competição, com apenas 22,2%.

Os rubro-negros encaram neste sábado (5) o Fortaleza, a partir das 17h, no Maracanã, em busca de sua primeira vitória no Rio de Janeiro, o que também representaria o fim do jejum de Domènec em casa no comando rubro-negro.

Em 2019, ano que representou a redenção do clube, o time venceu 17 jogos e empatou apenas 2 sob seus domínios na campanha que valeu o título.

A performance em casa gera debate e discussões no Ninho do Urubu, mas jogadores e diretoria são unânimes: a torcida faz muita falta. Sem o calor do torcedor, a direção procurou proporcionar um ambiente o mais quente possível, mas o clima artificial não entusiasma, embora os próprios atletas sejam favoráveis aos cantos da torcida no sistema de som, além de mosaico e bandeiras na arquibancada.

Artilheiro do Maracanã pós-reforma, Gabigol foi um dos que sentiu o baque com os portões fechados. Depois de ficar ao todo sete jogos sem marcar, o camisa 9 fez as pazes com as redes e anotou em seus três últimos compromissos.

Fora da última rodada por uma entorse no tornozelo, ele foi ao campo do centro de treinamento, viu as chances de volta aumentarem e animou Torrent: "Estou feliz porque o time está a cada dia melhor. Disse que quando começássemos a fazer gols, não íamos parar".

De astral renovado depois dos dois triunfos seguidos, o Flamengo também aguarda a volta de Gerson. O time segue, no entanto, sem Bruno Henrique, lesionado, e Diego Alves, que, além de lesão, foi diagnosticado com Covid-19 -tal como seu reserva imediato, César.

Do outro lado, Yuri César, emprestado pelo Flamengo, estará vetado da partida devido a questões contratuais -Osvaldo assume a vaga dele.


FLAMENGO

Gabriel Batista; Isla, Rodrigo Caio, Léo Pereira e Renê; Gerson, Thiago Maia e Everton Ribeiro, Pedro Rocha, Arrascaeta e Gabigol. T.: Domènec Torrent


FORTALEZA

Felipe Alves; Gabriel Dias, Paulão, Quintero, Bruno Melo; Felipe, Juninho; David, Romarinho, Osvaldo e Wellington Paulista. T.: Rogério Ceni


Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Horário: 17h deste sábado (5)

Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (SP)

Transmissão: Premiere

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS