Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
32°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Brasil

SERÁ?

Flamengo pode trazer técnico aprovado por Guardiola no Barcelona

sexta-feira, 24/07/2020, 13:41 - Atualizado em 24/07/2020, 13:56 - Autor: Com informações Goal


Pep Guardiola e Domènec Torrent: parceria durou onze anos
Pep Guardiola e Domènec Torrent: parceria durou onze anos | Reprodução

A diretoria do Flamengo está trabalhando para encontrar o substituto ideal para o ex-técnico Jorge Jesus. Dentre os muitos nomes observados, se destaca o de Domènec Torrent, pouco conhecido dos torcedores brasileiros, mas com um currículo de respeito no futebol europeu.

Domènec é espanhoL e tem 58 anos. Comandou o New York City, da Major League Soccer, dos Estados Unidos, nas últimas duas temporadas. Mas além do bom trabalho na MLS, a grande credencial do agora treinador é o fato de ter trabalhado por uma década como auxiliar de Pep Guardiola, com quem compartilha uma filosofia de jogo bem parecida. 

O espanhol começou com o consagrado treinador no Barcelona, no comando da lendária equipe de Messi, Xavi e Iniesta. Mas quando Guardiola se mudou para o Bayern de Munique, fez questão de levar seu auxiliar. Então, após os títulos na Alemanha, a história se repetiu no Manchester City. Seguiu na Inglaterra até que resolveu encarar um novo desafio e se tornar o treinador principal do New York City, clube que faz parte do mesmo grupo que é dono dos Citizens. 

Na última segunda-feira (20), em entrevista coletiva, Guardiola foi perguntado sobre a possibilidade de Domènec Torrent assumir o clube campeão Brasileiro e da Libertadores no ano passado. E a resposta certamente agradou aos torcedores rubro-negros. "Eu acho que ele está absolutamente preparado para qualquer país. Ele fez a melhor temporada da história do New York City na última temporada. Ele é incrivelmente bem preparado, tem muita experiência. Não tenho nenhuma dúvida sobre sua capacidade”, destacou Guardiola.

O grande destaque em Torrent é o estilo de jogo ofensivo, de toque de bola e muita intensidade, o que se assemelha com Guardiola e com Jorge Jesus. 

“Eu acredito que sim [que os dois têm uma filosofia de jogo parecida]. Ser agressivo com a bola, tentar marcar gols, defender bem... Mas cada técnico tem seus detalhes particulares, suas próprias coisas. Não é copiar e colar. Pep é Pep, Domènec é Domènec”, ressaltou. 






Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS