Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Brasil

TRISTEZA

Valdir Espinosa morre aos 72 anos

quinta-feira, 27/02/2020, 14:14 - Atualizado em 27/02/2020, 14:12 - Autor: Com informações do portal Terra e Vaivel


| REPRODUÇÃO

O futebol brasileiro perdeu um de seus nomes mais emblemáticos. Valdir Espinosa não resistiu a.problemas respiratórios após uma operação no estômago e morreu nesta quinta-feira (27) aos .72 anos, no Rio de Janeiro. Ele havia se licenciado do cargo de gerente de futebol do Botafogo para fazer uma cirurgia.

Nascido em Porto Alegre no dia 17 de outubro de 1947, Valdir Atahualpa Ramires Espinosa deu seus primeiros passos como jogador no Grêmio em 1968.

Além da passagem pelo Grêmio Portoalegrense, onde foi elogiado até por Renato Gaúcho, que segundo a ele, Valdir era um "paizão" para todos. 

Tal característica de "paizão" levou o jogador a se aventurar como treinador, ao todo foram 20 times que treinou ao longo da carreira, ao longo de extensos 25 anos de profissão. 

Sua primeira grande equipe foi o Grêmio (1983) e por lá, como treinador, conquistou a Libertadores da América e o Mundial Interclubes da época, marcando seu nome para sempre na história de um gigante brasileiro.

Valdir passou pelo Botafogo como treinador em três oportunidades (1989, 1990-1991 e 1998-1999). Em 1989, o treinador quebrou um jejum de títulos do Fogão, conquistando o Campeonato Carioca da época, em cima do seu maior rival Flamengo e montando um time que sempre estará marcado na cabeça dos torcedores. Ao longo do ano, o treinador acabou sendo trocado por Edu Coimbra (que também foi trocado naquele ano) e não encerrou 1989 a frente da equipe.

Em 1990 o treinador voltou, com a missão de conquistar o bicampeonato carioca, e a missão dada foi cumprida. Após o placar de 1 a 0 em cima do Vasco, conquistou mais um título estadual comandando o Glorioso. No ano seguinte, o Botafogo fez uma boa campanha no estadual, mas perdeu a decisão do segundo turno para o Flamengo, tendo então sua sequência de títulos regionais interrompida.

Após o ano de 1990, Botafogo e Valdir selaram uma separação que duraria 8 anos, até que o treinador é novamente contratado pelo alvinegro, tem sua terceira passagem (sem sucesso) e ao término do ano, ele encerraria de vez sua carreira como treinador do Botafogo.

Após idas e vindas, muitas conquistas e também derrotas. O então treinador passou a ser dirigente, e começou a se aventurar primeiramente no Esportivo, clube do Rio Grande do Sul, onde se tornou ídolo enquanto jogador.

A carreira vitoriosa se deu com ênfase no Grêmio, onde atuou em 2016-2017, como dirigente, conquistando a Copa do Brasil, em 2016 e a Libertadores, em 2017.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS