Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
31°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Brasil

MORAL

Atacante iguala marca pessoal no Santos-SP e quer mais gols em 2019

terça-feira, 26/11/2019, 17:30 - Atualizado em 26/11/2019, 17:30 - Autor: FOLHAPRESS


| Divulgação / Santos-SP

O gol marcado na vitória do Santos por 4 a 1 sobre o Cruzeiro no último sábado (23) foi o 13ª de Eduardo Sasha no ano, o que fez ele igualar sua temporada mais artilheira da carreira.

Em 2016, ainda no Internacional, o atacante dançou a famosa valsa em provocação ao Grêmio e também marcou 13 vezes. Desta vez, a marca vem logo depois da polêmica com o lateral-esquerdo Jorge.

As duas temporadas foram, de certa forma, controversas para Sasha. Com o Inter, o atacante entrou em foco após dançar a valsa, em referência aos 15 anos que o rival Grêmio não vencia um título de expressão, quando marcou o gol do hexacampeonato gaúcho do colorado em 2016.

Naquele mesmo ano, no entanto, ele teve de ouvir provocações de Luan quando o tricolor se sagrou campeão da Copa do Brasil.

Já em 2019, depois de ressurgir das cinzas no Santos, Sasha não escondeu que ficou magoado com a forma como foi tratado no início da temporada, mas optou por provar seu valor nos treinos.

Firmado no time titular, foi pivô de polêmica com o lateral Jorge no recente clássico contra o São Paulo, quando reclamou por não ter recebido um cruzamento e acabou levando do camisa 3 um tapa no rosto.

Em entrevista coletiva, Sasha surpreendeu o Santos e não escondeu que havia perdido o respeito por Jorge. Ele ainda afirmou que teve vontade de dar um soco na cara do companheiro de clube.

Na partida seguinte após a polêmica entre os dois, Jorge sequer foi relacionado e Sasha marcou seu 13º gol em 45 jogos na temporada.

Todos os tentos anotados pelo camisa 27 foram no Brasileiro, diferentemente do que ocorreu em 2016, quando marcou seis vezes no Gaúcho, cinco na Série A, uma vez na Primeira Liga e outra na Copa do Brasil. No total, foram 56 jogos naquela temporada.

Além dos gols, que o deixam atrás apenas da dupla Gabigol e Bruno Henrique, com quem chegou a formar trio de ataque no ano passado, na tabela de artilharia do Brasileiro, Sasha ainda contribuiu com três assistências na temporada.

Titular absoluto, é dele a maior sequência de um jogador de linha como titular dentro do rodízio promovido pelo técnico Jorge Sampaoli: 19 jogos, da 8ª à 26ª rodada do Nacional.

Ele deverá ser novamente utilizado por Sampaoli na quinta-feira (28), quando o Santos enfrentará o Fortaleza, a partir das 20h, no Castelão. Já o mais recente desafeto de Sasha, Jorge, poderá ficar de fora.

Segundo o clube alvinegro, o lateral-esquerdo sentiu um desconforto no joelho direito e passará por exame de imagem. Se não for relacionado, deverá ceder a vaga novamente para Felipe Jonatan.

Para o jogo, o Santos já sabe que não poderá contar com Gustavo Henrique e Marinho, suspensos, além de Cueva, afastado.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS