Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Brasil

FORA DO TIME

Barroca é demitido do Botafogo após derrota para o Fluminense

domingo, 06/10/2019, 22:06 - Atualizado em 06/10/2019, 22:06 - Autor: FOLHAPRESS


| Divulgação

Pressionado desde antes do clássico, o técnico Eduardo Barroca não resistiu à derrota por 1 a 0 para o Fluminense neste domingo (6), no estádio Nilton Santos (RJ), e foi demitido do comando no Botafogo.

O departamento de futebol era contra a demissão de Eduardo Barroca, mas o presidente alvinegro, Nelson Murrafej, bancou a decisão.

Enquanto não define o novo treinador, o Botafogo será dirigido pelo auxiliar-permanente alvinegro, Bruno Lazaroni.

Vice-presidente de futebol, Gustavo Noronha foi o porta-voz do comunicado e destacou a dificuldade em tomar a decisão:

"Tivemos uma reunião com os atletas, que têm carinho e admiração grande pelo treinador. Não foi uma decisão fácil, foi muito complicada, porque o trabalho vinha sendo desenvolvido em bases sólidas. Foi necessária essa alteração, mas precisamos de uma reação imediata nesse momento".

Sobre a escolha do novo técnico, o dirigente foi taxativo:

"Botafogo tem que viver com a sua realidade orçamentária, sem fazer loucuras".

Este foi o quinto jogo consecutivo sem vitória do Alvinegro, sendo quatro derrotas e um empate, fato que já deixa a equipe em alerta em relação à zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

O clube vive um período conturbado, onde atravessa uma crise financeira e também protestos perigosos da torcida, com invasões a treino e à sede por parte de organizadas alvinegras. A pressão, inclusive, também teve parcela "de culpa" no adeus do técnico.

Eduardo Barroca deixa o Botafogo com 27 partidas no comando, sendo 10 vitórias, 3 empates e 14 derrotas.

INÍCIO

O treinador foi contratado em abril, após a queda de Zé Ricardo. Ele chegou à equipe profissional chancelado pelo bom trabalho realizado na base do próprio Alvinegro, quando foi, inclusive, campeão do Brasileiro Sub-20. O retorno a General Severiano aconteceu após passagem pela base do Corinthians.

Apesar da estreia com derrota para o São Paulo, o começo de trabalho foi satisfatório e o Botafogo somou 15 pontos antes da paralisação para a Copa América, quando chegou até a se cogitar uma briga por vaga na Copa Libertadores de 2020. No retorno deste período, o time demonstrou oscilação e, até o momento, não conseguiu vencer no segundo turno do Brasileiro.

Com o elenco enxuto, Barroca ainda perdeu Erik, que vinha sendo um dos destaques do time e foi para o futebol japonês, e não pôde contar com Biro Biro, um dos reforços que chegaram no meio do ano, por conta de um problema cardíaco. Além disso, a diretoria acumulou frustrações no mercado em busca de novos nomes para o grupo.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS