Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$

Esporte / Esporte Brasil

MUDANÇA

Oposição cobra votação para afastar presidente do Cruzeiro-MG

terça-feira, 01/10/2019, 16:39 - Atualizado em 01/10/2019, 16:38 - Autor: Enrico Bruno e Thiago Fernandes / Folhapress


| Reprodução / Facebook

Um grupo de opositores da atual gestão do Cruzeiro pediu a Zezé Perrella, presidente do Conselho Deliberativo, para convocar uma reunião com o intuito de votar o afastamento do mandatário Wagner Pires de Sá e seus diretores.

A intenção é que os dirigentes sejam afastados até o fim do ano. No período, seriam averiguadas as possíveis irregularidades da atual administração e a gestão do clube ficaria a cargo de outros conselheiros do clube.

"O Zezé é quem convoca a reunião. Foi solicitado por um grupo de mais de 50 conselheiros que ele fizesse essa reunião, e vai ser feita. Se vai ter maioria para conseguir ou não (afastar a diretoria), essa decisão é dos conselheiros", disse Gilvan de Pinho Tavares, ex-presidente do Cruzeiro, à reportagem.

"O afastamento é diferente da cassação, a cassação não é pelo Conselho Deliberativo. Se fosse cassação, seria pela Assembleia Geral. É apenas afastar durante um tempo para poder apurar coisas e também gerir o clube nessa fase difícil que está passando", acrescentou.

Para que haja o afastamento da atual diretoria, é preciso que a maioria vote de forma favorável, de acordo com Tavares.

"Nessa reunião, os conselheiros que devem interpretar o estatuto [do Cruzeiro] para dizer o que podem ser feito ou não. Essa reunião é para apreciar o afastamento da atual diretoria. Seria necessário 50% dos votos mais um dos que comparecerem à reunião", relatou.

Uma das alternativas para o cargo é que Hermínio Lemos seja o escolhido. Ele é irmão de José Francos Lemos Filho, presidente do clube em 1954 e vice de Zezé Perrella e de Gilvan de Pinho Tavares.

"Está sendo aventada essa hipótese. O objetivo maior desse grupo de conselheiros é tentar solucionar a situação do Cruzeiro. Se for feito com harmonia, é melhor. Pelo edital, é para ser proposto o afastamento de todo mundo. Pode conseguir afastar todo mundo, pode não afastar todo mundo, depende da decisão da maioria dos conselheiros", contou o ex-mandatário.

O mais provável é que o afastamento seja votado na segunda quinzena de outubro. Perrella precisará convocar a reunião com ao menos 15 dias de antecedência.

Procurado para falar sobre o caso, Hermínio Lemos tergiversou: "Bom, a notícia que tenho desta reunião é pela mídia. Parece que reuniram um grupo de conselheiros e propuseram o afastamento da atual diretoria. É o que vi pelos jornais. Agora, quanto ao desdobramento disso, eu não tenho nenhuma posição."

"A minha opinião é que devemos seguir o que manda o estatuto do clube. Eu sou de acordo com o estatuto do Cruzeiro, as normas, as decisões. Cabe ao Conselho definir isso, não cabe a mim", concluiu.


Assista à Copa Sul-Americana, Série C do Brasileirão, Série A Italiana, Ligue 1 Francesa, WTA e muito mais. APROVEITE O LANÇAMENTO DO DAZN BRASIL!

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS