Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$

Entretenimento / Promoções

PEQUENO GÊNIO

Ronald de Mosqueiro é a sensação da internet: "quero ser um músico profissional"

terça-feira, 28/01/2020, 09:22 - Atualizado em 28/01/2020, 09:22 - Autor: Wal Sarges


| Divulgação

É do meio da bucólica Ilha de Mosqueiro que vem o talento de um menino de dez anos que está encantando pessoas de vários lugares. Ronald Nonato Cardoso dos Santos se tornou sensação na internet quando a irmã do menino postou um vídeo dele interpretando a canção “Con Te Partirò”, famosa na voz do tenor italiano Andrea Bocelli.

Ronald estuda na Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental “Dr. Lauro Chaves”, localizada na Baía do Sol, em Mosqueiro. Já participava de um projeto musical desenvolvido em sua escola e integra desde o ano passado o projeto “Cantar-o-Lar”, idealizado pelo violonista, compositor e educador Salomão Habib, que é só elogios ao menino. “Ele gravou o quarto DVD do Cantar-o-Lar, em coro com outros alunos. Mas não vai demorar muito para que ele faça um solo”, diz.


“Eu já gostava de cantar. Mas quando chegaram os projetos, comecei a melhorar o canto. Aprendi a respirar de forma correta, a tocar flauta. Gosto de música porque ela me dá alegria, uma paz interior. Quero ser um profissional”, diz Ronald.

O talento impressionou tanto Salomão Habib que ele acredita que o menino é um prodígio. “Além dele ser uma voz ‘branca’, ou pura, que é de criança, tudo o que ele lê, coloca melodia em cima. Quem compõe, vai fazendo isso gradativamente. Ele não. A genialidade dele está nisso”, analisa Habib.

Os pais do garoto contaram, em um vídeo divulgado na internet, que a música entrou na vida do filho desde que ele era bem novo. “O Ronald começou a cantar com três anos de idade. Ele estava no corredor da casa e escutei aquela voz baixinha. Daí falei com a minha esposa ‘vamos prestar atenção no Ronald que ele está cantando’. Que bom que está cantando!”, conta o pai, o pescador Raimundo dos Santos. “Começaram a pedir o telefone dele, dizendo para mim que eu tenho um filho talentoso”, orgulha-se a mãe.

BOLSA DE ESTUDOS

Salomão Habib sentiu que precisava ajudar Ronald de uma forma mais incisiva. “Fiquei entusiasmado e prometi que iria ajudá-lo. Isso se concretizou agora no início do ano, em uma bolsa de estudos na Fundação Amazônica de Música (FAM), que é válida para o ano todo. Depois, ele ingressará no conservatório [Instituto Carlos Gomes]”, antecipa.

Glória Caputo, superintendente da Fundação Carlos Gomes, também criadora da Fundação Amazônica de Música e idealizadora do Projeto Vale Música, desenvolvido lá, afirma que o menino será incluído nos cursos de educação musical. “Tenho alunos de vários lugares da região metropolitana de Belém. Após conversarmos com a família dele, acreditamos que o melhor para ele é continuar na escola dele e vir a Belém três vezes por semana para estudar conosco. Ele tem um futuro grande pela frente, mas não podemos retirá-lo da convivência com a família, escola e amigos. Ele precisa desse esteio familiar”, explica Glória.

Hoje Ronald fará uma visita ao Conservatório Carlos Gomes e à FAM, Glória Caputo diz que ficou muito feliz de encontrar um talento desses em alguém tão jovem. “Ele é extremamente talentoso. É muito bom encontrar alguém que vem do povo com esse talento. O projeto que criei foi feito justamente para quem não tem condições de estudar música, de pagar transporte público”, descreve a superintendente, reforçando que o garoto receberá todo suporte do governo do Estado para realizar seus estudos musicais.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS