Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
Música

Pesquisa mostra que 70% do público se incomoda com o uso de celulares em shows

segunda-feira, 25/02/2019, 14:40 - Atualizado em 25/02/2019, 14:40 - Autor:


Viver a experiência presencial de assistir a uma apresentação musical ao vivo é algo único. Mas seria único ao ponto de não permitir que o espectador saque seu celular do bolso e tente guardá-lo na memória do aparelho?

Uma pesquisa recente comprova que sim. A Eventbrite, plataforma de venda de ingressos e tecnologia para eventos, se juntou à consultoria ComRes para perguntar a 1.031 pessoas sobre o tema “celulares em shows”.

Todos os entrevistados precisavam ter mais de 18 anos de idade e terem comparecido a pelo menos um evento ao vivo nos últimos 12 meses. Os resultados da pesquisa surpreendem.

#ForaSmartphones

Do total de entrevistados, 70% (aproximadamente 722 pessoas) considera tirar fotos ou gravar vídeos algo irritante. Enquanto isso, 65% disseram que usar o telefone, mesmo que seja para capturar momentos, faz com que o usuário perca o evento em si.

As respostas de 69% do público propõem medidas para minimizar essas atitudes. As propostas incluem criação de “zonas sem telefone” em áreas de show (citada por 13%), instruções da produção para a plateia para uso discreto dos aparelhos (citadas por 41%) e medidas mais extremas para o uso em excesso (citadas pro 17%).

O levantamento aponta que 81% disse que entende o pensamento de alguns artistas que já se mostraram contra gravações das performances ao vivo. Vale lembrar que nomes como Mick Jagger, Rihanna e Billie Joe Armstrong já pediram para seu público evitar contato com celular durante seus shows.

No final de 2017, divulgamos aqui uma pesquisa com o mesmo objetivo, mas que mostrou alguns resultados diferentes.

Contraditório?

A mesma pesquisa da Eventbrite revela uma contradição entre a expectativa dos entrevistados em relação ao uso de celulares e o comportamento deles durante as apresentações.

Isso porque mais de um terço concordou que tirar fotos ou gravar vídeos é importante para a experiência. Cerca de 49% alegou ter tirado fotos ou vídeos em algum show recente.

Um outro dado interessante constatado pela pesquisa foi que mulheres são mais propensas do que homens a gravar ou fotografar as apresentações. 56% das mulheres costumam ter esse pensamento, enquanto em relação ao homens a porcentagem diminui para 41%.

De acordo com Beatriz Oliveira, diretora de marketing da Eventbrite Brasil, é necessário encontrar um bom senso para que todos tenham o melhor proveito dos shows:

Geralmente a intenção do participante com o celular na mão é de compartilhar o momento com seus amigos e seguidores nas redes sociais. Mas, apesar disso, o nosso estudo mostra que tanto o público, como artistas e produtores acham que essa prática prejudica a experiência durante uma apresentação ao vivo. Esperamos que essa nova pesquisa comece uma discussão saudável sobre como todos podem garantir que o máximo aproveitamento das experiências ao vivo, com ou sem os nossos celulares.

E aí? O que acha disso? Deixe sua opinião nos comentários.

Fonte: TMDQA!

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS