Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$
Música

Jackie Shane, lenda do Soul e ícone transgênero, morre aos 78 anos

sábado, 23/02/2019, 12:40 - Atualizado em 23/02/2019, 12:40 - Autor:


Jackie Shane, nome influente do Soul e um dos primeiros ícones transgêneros da história da música, morreu aos 78 anos de idade.

A informação foi confirmada pela gravadora da cantora, a Numero Group, e um dos seus representantes falou a respeito da artista que começou nasceu em Nashville, nos Estados Unidos, mas consolidou a sua carreira em Toronto, no Canadá:

Jackie não fez o que fez para encontrar a aprovação das outras pessoas. Ela estava aqui para entreter e também para ensinar e inspirar. Ela viveu toda sua vida de acordo com seus próprios termos. Ela me ensinou inúmeras coisas sobre amor próprio e graça mesmo em tempos difíceis.

Eu acredito que ela foi uma visionária que nunca será esquecida e será reconhecida cada vez por mais pessoas como uma das melhores cantoras de soul de todos os tempos. Eu nunca conhecerei alguém como Jackie.

Jackie Shane

Jackie Shane nasceu em Maio de 1940 na conservadora cidade de Nashville e disse que sempre soube que era uma mulher, afirmando que nunca teve problemas quanto a isso, mesmo na juventude e na escola.

Quando se mudou para Toronto deu força à sua carreira musical e se tornou um dos nomes mais importantes da arte na cidade, ajudando a consolidar o chamado “Toronto Sound”, sonoridade baseada na R&B que apostava no formato de guitarra+baixo+bateria+teclado para oferecer performances poderosas que se tornariam uma das bases do Rock And Roll norte-americano nos anos 70.

Com poucos discos e singles na bagagem, Jackie ficou conhecida pelas performances ao vivo e em 1971 resolveu se afastar da música, passando a viver fora dos holofotes.

A causa da morte não foi revelada. Que descanse em paz.

Fonte: TMDQA!

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS