Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$
Música

Após três anos sem disco novo, cantora lança músicas inéditas com parcerias internacionais

terça-feira, 19/02/2019, 09:17 - Atualizado em 19/02/2019, 09:17 - Autor:


Depois de pouco mais de três anos sem lançar um disco de inéditas, Paula Fernandes, 34, apresenta o trabalho “Hora Certa”, gravado em Los Angeles (EUA) e com parcerias internacionais. Segundo ela, o novo álbum é também uma volta às suas origens e tem como principal referência a cantora country americana Sheryl Crow, que fez muito sucesso no Brasil no fim dos anos 1990. “É um resgate da minha essência, daquela Paula Fernandes que todo o mundo conhece, de [discos como] “Pássaro de Fogo” [2009] e “Paula Fernandes ao Vivo” [2011]”, diz.


O EP (disco mais curto) é composto de seis faixas, já disponibilizadas nas plataformas digitais. Todas as músicas são composições de Paula. Uma delas, “Chão de Areia”, foi feita em parceria com a cantora e compositora argentina Claudia Brant, que ganhou, no último dia 10, o Grammy na categoria melhor álbum de música latina com o disco “Sincera”. “Passamos duas tarde juntas e nasceram duas canções, uma que é lançada agora e outra que vamos mostrar mais para a frente”, revela Paula.


Quem apresentou a artista para Paula foi o produtor brasileiro Moogie Canazio, um dos responsáveis pelo álbum da argentina premiado com o Grammy. Canazio assina também o EP “Hora Certa” e já ganhou o gramofone em 2000, por fazer a engenharia de som e ser um dos produtores do álbum “João Voz e Violão”, de João Gilberto.


“Eu estava ansiosa por um disco de inéditas e que veio acontecer na hora certa, porque o Moogie queria produzir comigo há algum tempo, e eu com ele. E agora deu supercerto”, relata Paula.


Ela também destaca que o produtor reuniu uma “banda de peso” para gravar com ela, com músicos do cantor americano John Mayer e da banda Tears for Fears. “E gravamos à moda antiga, como os Beatles faziam”, disse, em referência ao fato de que todos os instrumentos e a voz foram captados ao mesmo tempo. “Não gravamos cada um a sua parte, separadamente. Foi tudo junto, inclusive a voz. Eu não podia errar. Tinha que cantar”, explica.


Vídeos dos bastidores das gravações também foram feitos e serão divulgados. O da música “Hora Certa” já está disponível no canal da cantora no YouTube.Paula destaca que nenhum tipo de artifício para mudar a voz foi usado. “É o resultado real do que eu canto”, afirma. O EP tem, ainda, duas músicas escritas em parceria com o cantor Gustavo Fagundes, que ficou conhecido por sua participação na primeira edição do programa “The Voice Brasil”, em 2012: “Preciso te Amar para Viver” e “Sem Precisar”. Completam o trabalho “Por Nós Dois” e “Nos Braços do Amor”.


"Construir a Paula hoje requer muito tempo", diz


Nos mais de três anos entre o lançamento do CD de inéditas “Amanhecer”, em setembro de 2015, até a divulgação do EP “Hora Certa” agora, Paula Fernandes afirma que aconteceu muita coisa em sua vida profissional e pessoal e que o tempo foi importante para amadurecer. “Inevitavelmente, a gente é fruto das nossas próprias histórias. Construir essa Paula que eu sou hoje, com a essência de sempre, requer tempo, maturidade, né?”, afirma.


No período, a cantora também diz que fez muitas turnês. Além disso, ela lançou o CD e o DVD de “Amanhecer ao Vivo”, em 2016, e alguns trabalhos menores -as músicas “Cicatriz” e “Traidor”, em 2017, e “Beijo Bom”, no ano passado.


A cantora afirma que gosta da nova forma como as canções são divulgadas hoje -em geral, pelas plataformas digitais. “Ficou melhor. Sinto falta do físico, principalmente do vinil, mas diante dessa era digital fica mais fácil o acesso pelas plataformas digitais, embora eu continue ouvindo música velha”, afirma.Outra vantagem, segundo ela, é que agora é possível trabalhar com um número menor de músicas lançadas a cada vez, o que garante, em sua visão, melhor acesso ao público. “Já lancei disco com 16 faixas, e as pessoas ouviam três ou quatro. Agora, se tenho seis, vou conseguir que o público tenha acesso a essas seis. Facilitou. E nada impede de fazer outro projeto para divulgar outras faixas”, explica.


ATRIZ


Depois do EP “Hora Certa”, Paula Fernandes já seleciona repertório para um próximo trabalho. Ainda sem previsão de lançamento, ela antecipa que o novo projeto deve contar com a participação de mais de uma cantora sertaneja.Enquanto isso, Paula continua com a turnê “Jeans pelo Brasil”, com a inclusão das seis músicas novas no repertório dos shows.


Afirma também ter vontade de fazer um novo trabalho como atriz, seja em novela ou filme. “Se pintar a oportunidade e der para conciliar com minha agenda, estou dentro”, avisa.Paula conta ter adorado participar da novela “Deus Salve o Rei” (Globo), no ano passado. Na trama medieval, ela interpretou a princesa Beatriz, que provocou uma reviravolta. “Eu não tinha pretensão de ser atriz, mas aí foi incrível. Acho que eu entrei [na dramaturgia] para ficar”, conta. Sobre a vontade de ser mãe, a cantora afirma que é uma ideia para o futuro.

(FolhaPress)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS