Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
Música

Roger Waters desafia Maroon 5 a fazer protesto no Super Bowl

quinta-feira, 31/01/2019, 21:40 - Atualizado em 31/01/2019, 21:40 - Autor:


O show do intervalo do Super Bowl em 2019 já está dando o que falar.

Como você pode ter acompanhado aqui no TMDQA!, a NFL, liga de futebol americano nos Estados Unidos teve sérios problemas para conseguir a atração desse ano já que vários dos artistas convidados se recusaram a participar da festa.

Isso porque os músicos estavam ficando ao lado de Colin Kaepernick, jogador de futebol americano que iniciou uma série de protestos ao se ajoelhar durante a execução do hino nacional dos EUA antes dos jogos.

A atitude era uma forma de mostrar que Colin e vários de seus colegas estavam ao lado de amigos e familiares de cidadãos negros que foram mortos pela polícia brutalmente.

LEIA TAMBÉM: Ninguém quer tocar com o Maroon 5 no intervalo do Super Bowl

Maroon 5

Quem topou participar foi a banda de pop/rock Maroon 5, e as coisas não estão indo lá muito bem para os caras.

Primeiro a tradicional coletiva de imprensa que é dada pela atração do show do intervalo do Super Bowl todo ano foi cancelada, e agora Roger Waters se manifestou publicamente, “desafiando” o Maroon 5 e seus convidados Travis Scott (que só aceitou o convite se a NFL fizesse uma doação a organizações que lutam por “justiça social”) e Big Boi a se ajoelharem como Colin Kaepernick durante seu show:

Eu os desafio a se ajoelharem como solidariedade a Colin Kapernick, e fazê-lo por cada criança morta a tiros nas perigosas ruas, fazê-lo por cada mãe e cada pai, cada irmão e cada irmã desolados.

Waters ainda falou sobre Kaepernick especificamente, e também publicou um vídeo onde a sua banda se ajoelhou durante show nos Estados Unidos em 2017:

Nós fizemos isso como solidariedade a Colin Kaepernick, quarterback do San Francisco, e seu gesto de protesto contra o racismo endêmico e a força muitas vezes mortal apresentada pelo departamento de polícia nesse país.

No próximo Domingo se completarão 36 Domingos desde que ele [Colin Kaepernick] foi expulso do seu jogo nacional. Essa não é uma vitória para a NFL, é uma derrota, já que vocês negaram aos fãs de futebol americano em todo canto o prazer e a honra de assistir a um dos maiores quarterbacks que já jogaram esse jogo, e vocês mostraram suas cores verdadeiras. Vocês podem sentar nas suas salas de reunião e acender os seus charutos nas suas caixas de vidro, mas a sua ação é um dedo no olho de tudo que é decente nos Estados Unidos. Colin Kaepernick é um herói Americano. Se os EUA tiverem um futuro, serão os Colin Kaepernicks desse mundo que irão levá-los até lá, e na verdade, é Colin Kaepernick que já está levando vocês até lá.

Super Bowl 2019

O Super Bowl LIII acontecerá no próximo Domingo (03/02) e aqui no Brasil será transmitido pela ESPN.

LEIA TAMBÉM: Maroon 5 dá a entender que Bob Esponja estará no Super Bowl

Roger Waters and band take a knee

There is a petition on Change.org/takeaknee aimed at persuading Maroon 5, Travis Scott and Big Boi to take a knee at halftime on Sunday:This is my band taking a knee at the end of a gig in Hartford, Connecticut on Sunday 24th of September 2017. We did it in solidarity with San Francisco Quarterback Colin Kaepernick’s gesture of protest against the endemic racism and often deadly force meted out by police departments across this land. It was the third Sunday of Colin Kaepernick’s lock out by the NFL. The message was clear, “Shut your mouth, boy!" Next Sunday will be the 36th Sunday he has been locked out of your national game. This is not a victory for the NFL, it is a defeat, you have denied football fans everywhere the pleasure and the honor of watching one of the greatest quarterbacks who ever played the game, and you have shown your true colors. You can sit in your boardrooms and huff and puff on your cigars in your glass boxes, but your action is a poke in the eye for everything that is decent in America. Colin Kaepernick is an American hero. If the USA is to have a future, it is the Colin Kaepernicks of this world who will lead you there, in fact, it is Colin Kaepernick who is leading you now. My colleagues Maroon 5, Travis Scott and Big Boi are performing during the halftime show at the Super-bowl this coming Sunday, I call upon them to “take a knee” on stage in full sight. I call upon them to do it in solidarity with Colin Kaepernick, to do it for every child shot to death on these mean streets, to do it for every bereaved mother and father and brother and sister. My mother used to say to me, “In any situation there is nearly always a right thing to do, just do it.” So, there you go my brothers, you are faced with a choice, I’m not saying it will be easy, all the Presidents men, all the huffers and puffers, will be royally pissed off, but, $#@%’em, I call upon you to do it because it’s the right thing to do and because somewhere inside you know it.LoveRoger Waters

Posted by Roger Waters on Wednesday, January 30, 2019

Fonte: TMDQA!

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS