Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
COISA DE PELE

Jeff Moraes lança clipe como sonoridade pop afroamazônica

Ancestralidade e regionalismo embrulhados com visual e sonoridade pop

quarta-feira, 31/03/2021, 18:37 - Atualizado em 31/03/2021, 18:37 - Autor: Com informações de divulgação


“Acho que está mais do que na hora do Brasil reconhecer e ouvir esta Amazônia Preta", diz Jeff
“Acho que está mais do que na hora do Brasil reconhecer e ouvir esta Amazônia Preta", diz Jeff | Divulgação

Foi no Pará, no alto rio Trombetas, que a primeira comunidade remanescente de quilombos recebeu o título coletivo e definitivo de suas terras.

É aqui que está a segunda maior concentração de pessoas negras do país. É na região norte que reexiste o maior quilombo do Brasil. Entretanto, a população preta da Amazônia e toda sua produção positiva continuam sendo invisibilizada. 

São essas barreiras mercadológicas e geográficas que o cantor Jeff Moraes pretende derrubar através da sua sonoridade Pop AfroAmazônica.

Cultura Pop, Afro afeto, Amazônia e Ancestralidade são as palavras chave do novo trabalho musical desse artista que soma dez anos de carreira. 

O lançamento oficial do videoclipe “Coisa de Pele”, no canal oficial do artista no Youtube, será no próximo sábado (3).

 

Jeff em cena do clipe
Jeff em cena do clipe Divulgação
 


“Acho que está mais do que na hora do Brasil reconhecer e ouvir esta Amazônia Preta. Houve muitos avanços nos diálogos da questão racial no país. Entretanto o eixo sul e sudeste ainda não consegue se voltar para a diversidade de pessoas pretas existentes em outros pontos do país”, defende o cantor.

Não é de hoje que Jeff Moraes usa da Amazônia para cantar sua ancestralidade, regionalismo com uma pitada de cultura pop e afroreligiosade em seus trabalhos audiovisuais. Apesar de estar lançando o primeiro cd do artista, “Coisa de Pele" é o terceiro videoclipe da carreira de Jeff.

“Esse clipe é um abre caminhos para esse lançamento, que logo vai estar aí que é o ‘Tambor e Beat’. A música ‘Coisa de Pele’ fala do reconhecimento no olhar de uma outra pessoa preta, o  reconhecimento na própria cultura, na ancestralidade, do teu ser. Esse clipe fala muito sobre identidade sobre a minha identidade enquanto homem preto gay. A letra dessa música diz: deixa a maré te levar nos braços de Iemanjá. Iemanjá é um orixá mãe que te carrega no colo, que te agrega, que rege essa imensidão do mar”, finaliza o artista.

O produto audiovisual ‘Coisa de pele’ é o ponta pé inicial da divulgação do lançamento do álbum ‘Tambor e Beat’, o primeiro da carreira desse artista afro amazônida.

Marcel Barreto é o produtor e diretor musical do CD que tem 8 faixas. Quem assina o clipe é a produtora paraense Treme Filmes.  No elenco, atrizes negras reconhecidas no cenário artístico de Belém,  Samily Maria e Cassandra Bonifácio. O  videoclipe apresenta ainda a exuberância da natureza amazônica.  A praia da Flexeira, da ilha de Cotijuba, e o Combu foram as paisagens escolhidas como pano de fundo. 

“Sempre tento utilizar  a arte como um ato político para empoderar e valorizar o ser afro-amazônico. Tenho comigo duas atrizes que fazem alusão a duas yabás (orixás em forma feminina) representando também essa conexão com esse sagrado que tanto me atravessa através da conexão ancestral com as águas que nos banham”, explica o cantor.

SERVIÇO

O lançamento do videoclipe “Coisa de Pele” é no canal de Jeff Moraes no YouTube

Dia: sábado (03/03)


Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

Para quem vai sua torcida no BBB21?

MAISACESSADAS