Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
RECOMEÇO

Após perder pais recentemente, cantor paraense quer voltar aos palcos

'A música entrou na minha vida desde 1997, quando esbarrei em uma religiosa,a querida irmã Bertilla', conta o músico.

quinta-feira, 25/02/2021, 22:03 - Atualizado em 25/02/2021, 23:43 - Autor: Monique Costa


Imagem ilustrativa da notícia Após perder pais recentemente, cantor paraense quer voltar aos palcos
| Acervo pessoal

Quando você escuta alguma canção paraense, sente o coração bater mais forte? Esse amor já inspirou várias vezes o cantor, compositor e intérprete Alexandre Barros, de 40 anos. 

"A música entrou na minha vida desde 1997, quando esbarrei em uma religiosa, a querida irmã Bertilla'", conta o músico paraense. 

Alexandre ganha a vida tocando na noite paraense. No entanto, com a chegada da pandemia do novo coronavírus, viu a rotina mudar completamente, como a de muitos brasileiros.

"Tenho pedido muito a Deus que as portas se abram, que eu possam conseguir almejar meus sonhos na música. Fico até emocionado falando sobre isso. Quero muito que as pessoas conheçam meu trabalho. Tudo está muito à flor da pele, perdi meu pai e minha mãe recentemente’", diz ele, emocionado, mostrando o momento tênue que passa diante da morte dos pais e da situação de caos que a pandemia ocasionou para os artistas que vivem da música.

"Toco muitos anos nas noites, em barzinhos, em aniversários, em velório, missa de sétimo dia, onde me chamam eu estou", diz.

Na música, ele já fez parcerias com Mahrco Monteiro; com o irmão, Gleidson Freitas, que é guitarrista e já trabalhou com nomes como Gaby Amarantos; além de outros artistas, 

Alexandre, que já foi atleta profissional, tem a música como sua principal fonte de renda. Agora, o que ele deseja é voltar aos palcos.

 

 

 

 

 

 

 

 

Você encontra Alexandre Barros através das redes sociais @cantoralexandrebarros e o contato disponível é (91) 8284-4106. 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS