Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$
Games

Os 10 jogos mais vendidos da franquia Castlevania; será o que seu preferido está na lista?

sexta-feira, 26/05/2017, 16:42 - Atualizado em 26/05/2017, 16:42 - Autor:


Uma das grandes surpresas deste ano foi a notícia de que a Netflix está trazendo Castlevania para as telinhas com uma nova série animada, que chegará em julho deste ano. Uma boa notícia, principalmente considerando que já faz três anos que não vemos nada da franquia.

E Castlevania teve muitos jogos (mesmo), o que significa que existe muito material para buscar histórias não apenas para a série atual como para futuras temporadas ou derivadas. Decidimos relembrar os dez jogos mais vendidos da franquia, segundo o VGChartz, para que você se preparar antes da estreia!

Os dez primeiros somam 9,57 milhões de unidades vendidas! Será que o seu Castlevania preferido se saiu bem nas lojas?

10 – Castlevania: Dawn of Sorrow (2005)

castlevania-dawn-of-sorrow

Sequência de Aria of Sorrow, do Game Boy Advance, este foi o primeiro jogo da franquia no DS. Dawn of Sorrow continuou utilizando a fórmula estabelecida em Symphony of the Night, mas adicionou diversas novas mecânicas que aprofundavam a jogabilidade. A história e os personagens também ajudaram a fazer deste título um dos preferidos entre os fãs.

Vendas: 430 mil unidades
Plataforma: Nintendo DS

9 – Super Castlevania IV (1991)

castlevania4

Para muitas pessoas que não tiveram o Nintendinho, este foi o primeiro jogo da franquia em suas vidas. O título é, na verdade, uma espécie de remake do primeiro, recontando a história de Simon Belmont. Super Castlevania IV marcou a geração por seus gráficos bastante avançados para época e jogabilidade dinâmica, se sustentando como um bom jogo mesmo hoje em dia. Caso não conheça o game, jogue, porque é um clássico.

Vendas: 630 mil unidades
Plataforma: Super Nintendo

8 – Castlevania (1999)

castlevania64

Também conhecido como Castlevania 64, foi o primeiro jogo totalmente 3D da franquia e o resultado foi uma tragédia inesquecível. Considerado um dos piores da série, ele foi uma grande decepção, principalmente porque, a essa altura, a franquia já tinha tido títulos muito bons, o que fez a expectativa dos fãs subir mais ainda. Justamente um dos motivos para que o título apareça nesta lista.

Vendas: 640 mil unidades
Plataforma: Nintendo 64

7 – Castlevania III: Dracula’s Curse (1989)

castlevania3

Justamente o jogo que servirá de inspiração para a série da Netflix. Castlevania III inovou ao permitir que o jogador controlasse quatro personagens: o caçador de vampiros Trevor Belmont, a sacerdotisa Sypha Belnades, o pirata Grant Danasty e Alucard, o filho de Drácula, que fez sua primeira aparição na franquia. Os heróis contam com habilidades completamente distintas, cada uma adequada para uma situação diferente no jogo.

Vendas: 850 mil unidades
Plataforma: NES

6 – Castlevania: Circle of Moon (2001)

castlevania-circle-of-moon

Não é exatamente o título mais lembrado pelos fãs, mas Circle of Moon surpreendeu na época de seu lançamento pelo gameplay completo e sólido que seguia o estilo de Symphony of the Night, algo que não parecia possível em um portátil até então. Graças a ele, o Game Boy Advance se provou uma excelente plataforma para futuros jogos da franquia.

Vendas: 890 mil unidades
Plataforma: Game Boy Advance

5 – Castlevania II: Simon’s Quest (1987)

castlevania2

A qualidade deste jogo é questionável e ele é infame por conta de algumas péssimas decisões de design, dificuldade e quebra-cabeças tão enigmáticos que muitos só podem ser resolvidos com detonados ou sorte, graças à sua horrível tradução. Ainda assim, Simon’s Quest era ambicioso, adicionando um mundo aberto para explorar, NPCs para conversar e os primeiros elementos de RPG que se tornariam padrão na franquia.

Vendas: 930 mil unidades
Plataforma: NES

4 – Castlevania: Lament of Innocence (2003)

castleania-lament-of-innocence

Aproveitando o sucesso de Devil May Cry, parecia perfeito que Castlevania se aventurasse em um estilo de hack’n’slash extremamente parecido com o da franquia da Capcom, com um enorme castelo para explorar, quebra-cabeças para resolver e muitos combos para dar. No entanto, o jogo reteve alguns dos mais tradicionais elementos, entregando uma experiência similar, mas ainda assim própria.

Vendas: 940 mil unidades
Plataforma: PlayStation 2

3 – Castlevania (1986)

castlevania1

Aquele que iniciou a franquia. Em uma época que jogos de plataforma em geral seguiam o estilo de Super Mario Bros., Castlevania ousou ser diferente, oferecendo uma temática de horror. O jogo também se destacava por sua dificuldade, que exigia movimentos precisos dos jogadores e bom conhecimento sobre os inimigos e sobre o ambiente. Para muitos, ainda é um dos melhores jogos da franquia. Aliás, é tão memorável que sua capa inspirou um dos cartazes da nova série da Netflix.

Vendas: 1,23 milhão unidades
Plataforma: NES

2 – Castlevania: Symphony of the Night (1997)

castlevania-symphony-of-the-night

Considerado um dos melhores jogos não apenas da franquia, mas também da própria história dos games, Symphony of the Night estabeleceu de vez tudo o que conhecemos sobre Castlevania. Utilizando mecânicas da série Metroid, o jogo adicionou elementos de RPG e mecânicas próprias, ajudando a definir o gênero conhecido popularmente como Metroidvania. Além de excelente jogabilidade, o jogo se destacou por seus belos gráficos, diálogos dublados, músicas memoráveis e um mapa inesquecível. Um clássico absoluto.

Vendas: 1,27 milhão de unidades
Plataforma: PlayStation, Saturn

1 – Castlevania: Lords of Shadow (2010)

castlevania-lords-of-shadow

Com uma temática mais ocidental e desconsiderando o cânone original, Lord of Shadow foi um recomeço para a franquia. Com inspirações de God of War e muito mais focado em história, o novo jogo reapresentou a franquia para a nova geração com um gameplay competente e personagens interessantes. Infelizmente, a nova série (e a própria franquia) parou de vez desde o segundo jogo, de 2014, deixando os fãs esperando por um novo episódio da família Belmont.

Vendas: 1,76 milhão de unidades
Plataforma: PlayStation 3, Xbox 360


O que vocês esperam da franquia e da nova série da Netflix? Deixem seus comentários!

Fonte: Jovem Nerd

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS