Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$
Games

Criador do Oculus Rift diz que se sentia reprimido no Facebook: “Eu não podia fazer cosplay”

sexta-feira, 12/05/2017, 10:42 - Atualizado em 12/05/2017, 10:42 - Autor:


Depois de se desligar da Oculus por uma polêmica envolvendo o financiamento de páginas de ódio contra Hilary Clinton, Palmer Luckey — o fundador da empresa de realidade virtual — deu sua primeira entrevista e revelou que sentia reprimido trabalhando no Facebook.

O jovem milionário de 24 anos, cedeu uma entrevista ao site japonês MoguraVR (traduzido para o inglês pela Road to VR) compartilhou seus pensamentos sobre o futuro da realidade virtual e sobre trabalhar no Facebook.

No momento eu sou um engenheiro desempregado. Quando eu trabalhava no Facebook eu era só um cara de negócios. O escritório da Oculus era no campus do Facebook. E claro que era um ambiente legal de se trabalhar, mas eu era reprimido trabalhando ali. Eu não podia fazer cosplay enquanto trabalhava no Facebook.

Acho que ele não tem mais esse problema agora:

Luckey fez sua fortuna vendendo a Oculus para o Facebook por US$ 2 bilhões em 2015.

Fonte: Jovem Nerd

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS