Entretenimento / Fama

GRAVAÇÕES

Globo acumula tragédias e mortes nos bastidores das tramas. Relembre!

Sexta-Feira, 14/09/2018, 12:34:14 - Atualizado em 14/09/2018, 13:02:26 Ver comentário(s)

EDIÇÃO ELETRÔNICA

Globo acumula tragédias e mortes nos bastidores das tramas. Relembre! (Foto: Divulgação)
Domingos Montagner e Gabriella Perez morreram durante as novelas em que atuavam. (Foto: Divulgação)

A Globo acumula tragédias e mortes nos bastidores das tramas. A mais recente foi durante a gravação da série Aruanas, realizada na Amazônia, que terminou com a morte de um homem, deixando todo o país em choque. As informações são do Notícias ao Minuto.

Segundo a emissora, a tragédia ocorreu no deslocamento até o set de gravação após uma colisão entre barcos. Lucas Henrique Xavier Cardoso, um dos ocupantes, morreu.

Não é a primeira vez que mortes nos bastidores das tramas acontecem.

DOMINGOS MONTAGNER

Domingos Montagner morreu após dar uma mergulho durante o intervalo das gravações da novela Velho Chico, da Globo. A fatalidade ocorreu em Canindé de São Francisco, em setembro de 2016, onde a equipe da novela estava gravando as últimas cenas.

O corpo do ator foi encontrado após intensas buscas pelas Polícias Civil e Militar com o Corpo de Bombeiros por toda a região. O personagem ganhou uma homenagem no último capítulo de Velho Chico. Assista:

DANIELA PEREZ

Daniela Perez, filha da autora Gloria Perez, foi morta no início dos anos 90, quando viveu a personagem Yasmin, irmã da protagonista interpretada por Cristiana Oliveira, na novela “De Corpo e Alma”.

Daniella tinha 22 anos quando foi assassinada pelo ex-ator e colega de elenco Guilherme de Pádua e por sua então esposa Paula Nogueira Thomaz, que armaram uma emboscada e mataram a vítima.

O crime foi motivado por ciúmes de Paula, juntamente com a frustração pelas investidas mal sucedidas que Guilherme dava na atriz, na tentativa de iniciar uma relação. O casal foi julgado por homicídio duplamente qualificado, com motivo torpe e impossibilidade de defesa da vítima e condenado a 19 anos de prisão em regime fechado, no entanto, cumpriu apenas seis meses por bom comportamento.

A saída da personagem de Daniella na novela foi explicada com uma viagem de estudos ao exterior. Já o personagem de Guilherme apenas deixou de existir, sem ter desfecho. Veja as últimas cenas de Daniella em “De Corpo e Alma”:

(Com informações do TV Foco)





Comentários

Destaques no DOL