Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
EXTREMA GRAVIDADE

Famosos negam morte de Paulo Gustavo 

A suposta morte do artista foi divulgada por sites especializados em entretenimento e perfis em redes sociais, o que gerou uma avalanche de boatos sobre a partida do ator.

terça-feira, 04/05/2021, 15:23 - Atualizado em 04/05/2021, 15:23 - Autor: Paloma Lobato/Com informações da Folhapress


Imagem ilustrativa da notícia Famosos negam morte de Paulo Gustavo 
| Reprodução

A torcida pela recuperação de Paulo Gustavo segue sendo prioridade para os amigos, fãs e familiares do ator e humorista, que está internado há 40 dias em uma Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) após complicações da Covid-19. 

Nesta terça-feira (4), diversos perfis em redes sociais começaram a divulgar que o ator havia morrido, o que foi negado pelos amigos do artista. 

O estado de saúde do ator Paulo Gustavo, 42, se encontra em uma grave situação desde a última segunda-feira (3). A humorista e amiga de Paulo, Tatá Werneck, 37, afirmou que, apesar do estado crítico de saúde, o artista está vivo.

"A situação do Paulo é muito grave. Mas ele está vivo. Parem. Parem de querer ganhar likes em cima dele", escreveu a atriz em seu Twitter. "Nesse momento ele está vivo. Deixem o Paulo em paz. Deixem meu amigo em paz!", completou.

Outros famosos como Marina Ruy Barbosa e Maisa também pediram para que os fãs continuem orando pela recuperação do humorista.


Segundo o último boletim médico divulgado, o ator voltou a apresentar piora em seu estado de saúde no domingo (2) e seu estado clínico agora é considerado "instável e de extrema gravidade". Ele está internado da UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e vinha apresentando melhoras. No começo desta tarde, circularam supostas imagens da família de Paulo chorando dentro da unidade hospitalar em que ele se encontra internado, o que pode ter motivado a onda de boatos sobre a morte do comediante. 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS