Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
PODE LEVAR À MORTE

Especialista alerta que tatuagem anal de Anitta gera grandes riscos para saúde

Região sensível e ambiente do procedimento foram alguns dos pontos levantados por dermatologista

quinta-feira, 25/02/2021, 15:55 - Atualizado em 25/02/2021, 15:56 - Autor: Com informações do portal Notícias da TV


Imagem ilustrativa da notícia Especialista alerta que tatuagem anal de Anitta gera grandes riscos para saúde
|

A cantora Anitta “causou” nas redes sociais, mais uma vez, na última semana, após vazar um vídeo em que a funkeira aparece fazendo uma tatuagem na região anal. No entanto, além das fofocas e comentários gerados, especialistas falam que o caso é um pouco mais sério e pode até colocar a vida da artista em risco. As informações são do portal Notícias da TV. 

“A tatuagem nada mais é do que múltiplas microperfurações na pele. Ela fez isso com a pele de uma região que é altamente contaminada porque ali passam fezes e, muitas vezes, urina. Por isso, aumentam as chances de ela ter uma infecção geralmente bacteriana, o que pode levar ao processo inflamatório”, explicou a dermatologista Flávia Ravelli, ao portal Notícias da TV.

A médica explica, ainda, que, por ser um local quente e abafado, uma possível infecção pode ser agravada e gerar complicações mais sérias, como a Síndrome de Fournier, um tipo de infecção extremamente grave, que representa grande perigo para a saúde por ter chances de risco à vida, com um alto índice de letalidade. 

“Geralmente, durante o tratamento, a pessoa fica internada em Unidade de Terapia Intensiva (UTI)”, afirmou a profissional.

RISCOS COM A HIGIENE

O vídeo que “vazou” nas redes sociais, e inicialmente fora postado apenas na plataforma privada OnlyFans, retrata o momento em que a cantora tatuou a região. O perigo começou desde o momento do procedimento, que foi realizado na mansão de Anitta, e não em um estúdio de tatuagem regulamentado pelos órgãos sanitários.

“Se a tatuagem não for feita com as técnicas de assepsia adequadas, existe o risco de contrair uma doença infecciosa como sífilis, hepatite B, hepatite C e HIV”, reforçou a médica ao Notícias da TV.

Além dos incômodos durante a gravação na pele, a dermatologista ressalta os cuidados que Anitta precisou ter durante o processo de cicatrização da tatuagem. 

“Geralmente, pedimos para a pessoa lavar a tatuagem duas vezes ao dia. Toda vez que ela fez xixi ou cocô, ela teve que parar tudo para se limpar, uma espécie de mini banho, não adianta só passar papel”, avisou Flávia Ravelli.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

Para quem vai sua torcida no BBB21?

MAISACESSADAS