Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
23°
cotação atual R$
SETOR PARALISADO

Arrependido: Latino culpa governo Bolsonaro por descaso com artistas

O cantor explicou que precisa sustentar sua família e precisa trabalhar. Na legenda do vídeo ele interagiu com fãs e ganhou o apoio da funkeira Ludmilla.

sexta-feira, 08/01/2021, 21:33 - Atualizado em 08/01/2021, 23:00 - Autor: DOL


| Reprodução

O cantor Latino, que fez campanha e música para Bolsonaro na época das eleições presidenciais, gravou um vídeo culpando o governo de descaso com os artistas e outros trabalhadores que vivem do setor durante a pandemia.


"[...] Um ano agonizando para que alguém olhasse para a gente. Por trás do artista existem várias pessoas, um staff tremendo [...], eles dependem do próprio artista para o sustento. Não é justo o que está acontecendo. Nós artistas não vendemos mais discos, dependemos exclusivamente do show business. Então se existe algum culpado, na minha opinião, é o governo, que até agora não levantou a bola para ajudar a gente. Estamos até agora, há dez meses, agonizando para trabalhar e nada acontece", disse Latino.

Veja:


O cantor explicou que precisa sustentar sua família e precisa trabalhar. Na legenda do vídeo ele interagiu com fãs e ganhou o apoio da funkeira Ludmilla.

Logo após a publicação Latino foi acusado pela também cantora Bruna Volpi de plagiar seu discurso sobre o tema. Segundo a artista, o artista copiou seu discurso feito em um vídeo sobre o mesmo tema horas antes.

"Eu fiz um vídeo ontem que acabou circulando em grupos de músicos e produtores do Brasil inteiro. Poucas horas depois, ele posta um vídeo falando exatamente as mesmas coisas, usando a mesma analogia que eu usei, e até na mesma ordem", disse.

Em publicação no Instagram, ela explicou a situação e pediu os créditos ao artista. Na sequência, Bruna também expôs uma conversa que teve com Latino. Ele procurou a cantora para se explicar, dizendo que "ideologias parecidas com terceiros" não configuram plágio.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS