Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$
RELACIONAMENTO

Ex-'A Praça É Nossa' revela relação a 3: 'um homem e uma mulher'

O ator relembrou também sobre o relacionamento com outras pessoas do meio artístico.

sexta-feira, 20/11/2020, 12:30 - Atualizado em 20/11/2020, 12:30 - Autor: Com informações do UOL


Charles Daves, ator ficou conhecido como a Creidi de "A Praça É Nossa".
Charles Daves, ator ficou conhecido como a Creidi de "A Praça É Nossa". | Reprodução

Charles Daves, ator conhecido como a Creidi de "A Praça É Nossa", fez uma grande revelação sobre sua vida pessoal. Em entrevista ao youtuber Bruno de Simone, o artista contou sobre o seu relacionamento a três. As informações são do UOL.

Will Smith e Janet Hubert (1ª tia Vivian) encerram briga de 27 anos

Segundo Daves, os seus dois namorados já eram um casal antes de se relacionarem com ele. O ator contou ainda, que o relacionamento entre eles iniciou durante a pandemia, ela inclusive trabalha na área médica.

Lembra dela? Nívea Stelmann volta à TV para interpretar vilã 

"Hoje, eu estou namorando quem já é casado. Estou vivendo uma experiência, estou namorando um casal, um homem e uma mulher. Eles casaram há dois anos e eu estou namorando com eles", contou ele.

O ator disse ainda, que "não tem nada de loucura" no relacionamento, como muitos pessoas afirmam, e "está todo mundo cuidadinho e tudo certo". 

Charles afirmou também que essa não é a primeira vez que vive um relacionamento fora do padrão, inclusive com outras pessoas do meio artístico. "Já namorei pessoas, pessoas do meio artístico. Eu vivo no meio artístico desde os 15 anos, nunca fiz outra coisa, então naturalmente você acaba conhecendo pessoas desse meio. Já namorei com um ator, tive momentos com uma atriz que era casada... Já vivi loucuras", revelou ele, sem dar nomes aos envolvidos.

O ator também relembrou os assédios já sofridos nos bastidores da televisão. Sem dar nomes, Charles falou sobre uma situação "muito desagradável" com um diretor, já falecido.

"Assédio moral e sexual sempre existiu, não só com mulher. Sempre teve e sempre vai ter. Aí vai de você, do seu caráter, do que você acredita. Não acho que quem buscou esse caminho esteja errado, se a pessoa consegue dormir em paz com isso, está tudo certo. Eu prefiro o caminho mais árduo. Não sou santo, longe de ser, mas acho muita incompetência ter que usar disso, do trabalho, para obter benefício, e eu não queria ser asqueroso, como algumas pessoas", finalizou.

Veja o vídeo:


Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS