Diário Online

Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
31°
cotação atual R$
JUSTIÇA

Juiz decide sobre inquérito do caso Neymar e fotos vazadas de Najila

Em setembro do ano passado, Najila Trindade respondeu perguntas do delegado responsável pela investigação por cerca de 20 minutos.

quinta-feira, 08/10/2020, 12:03 - Atualizado em 08/10/2020, 12:41 - Autor: FOLHAPRESS


O jogador do Paris Saint-Germain (FRA) foi investigado pela Delegacia de Repressão aos Crimes Virtuais (DRCI).
O jogador do Paris Saint-Germain (FRA) foi investigado pela Delegacia de Repressão aos Crimes Virtuais (DRCI). | Reprodução

Em decisão proferida na última sexta-feira (2), o juiz Marcel Laguna Duque Estrada, da 36ª Vara Criminal do Rio de Janeiro, arquivou e encerrou um inquérito contra Neymar pelo vazamento de imagens da modelo Najila Trindade em junho de 2019.

Naquele mês, o jogador do Paris Saint-Germain (FRA) foi investigado pela Delegacia de Repressão aos Crimes Virtuais (DRCI) depois de uma postagem do próprio jogador no Instagram que continha fotos íntimas que a modelo havia o enviado antes de encontro entre eles em Paris. O post visava fortalecer a defesa do craque no caso da acusação de estupro da modelo.

TV espanhola flagra ofensa homofóbica de Neymar a Álvaro Gonzáles

Em setembro do ano passado, Najila Trindade respondeu perguntas do delegado responsável pela investigação por cerca de 20 minutos. Durante o interrogatório para investigar o vazamento das imagens íntimas, Najila afirmou ter enviado as fotos para Neymar, mas negou ter autorizado que ele as publicasse nas redes sociais.

A modelo confirmou ter visto as imagens divulgadas pelo jogador pouco tempo depois de o caso do suposto estupro vir à tona. A publicação foi retirada do ar logo depois pelo próprio Instagram por entender que o conteúdo "violava os padrões de comunidade".

Este é o novo jogador que tem mais dinheiro que Messi e Neymar

Pouco antes, em agosto de 2019, a juíza Ana Paula Gomes Galvão Vieira de Moraes, da Vara da Região Sul 2 de Violência Doméstica e Familiar, aceitou recomendação do Ministério Público e encerrou a investigação sobre a denúncia de estupro por falta de provas contra Neymar. No mesmo período, polícia e MP abriram inquérito contra Najila por falsa denúncia de um crime.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

Para quem vai sua torcida no BBB21?

MAISACESSADAS