Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$
UMA VOLTA NA BUCÓLICA

Motoboy humilhado por cliente atuou como missionário em Mosqueiro

domingo, 09/08/2020, 11:11 - Atualizado em 09/08/2020, 11:13 - Autor: Paloma Lobato


|

O jovem Matheus Pires, que ficou conhecido após ser vítima de ofensas raciais em Valinhos, no interior de São Paulo, se tornou um dos assuntos mais comentados nas redes sociais nos últimos dias. O entregador de aplicativo viralizou na internet ao ser humilhado por um homem branco. Mas o que muita gente não sabe é que o rapaz, de 19 anos, já teve o privilégio de conhecer o Pará.  Ele já serviu como missionário da denominação milenarista Testemunhas de Jeová em Mosqueiro, no Pará.

Em uma rede social, onde possui mais de 2 milhões de seguidores, o motoboy compartilhou diversos registros na ilha de Mosqueiro, distrito de Belém. Nas fotos, ele aparece ao lado de um grupo de amigos aproveitando uma das praias mais famosas do local: a praia do Farol. A visita na localidade ocorreu há cerca de um ano. 

Leia mais:

Entregador que foi humilhado ganha motos de Huck e Ceará

Homem branco comete atos racistas e humilha entregador de comida

Confira:

Ver esta publicação no Instagram

☀️

Uma publicação partilhada por Matheus Pires (@matheuspiresdd) a

Reprodução
 

Reprodução
 


|
|
|
|

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS