Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$
ENTREVISTA

Netinho revela não fazer mais sexo e critica comunidade LGBTQI+: 'vive pensando no fiofó'

quinta-feira, 30/07/2020, 10:55 - Atualizado em 30/07/2020, 10:55 - Autor: Com informações do Extra


Netinho criticou o Carnaval de Salvador e a comunidade LBGTQI+ e revelou não fazer mais sexo.
Netinho criticou o Carnaval de Salvador e a comunidade LBGTQI+ e revelou não fazer mais sexo. | Reprodução

O cantor Netinho fez declarações polêmicas durante entrevista ao deputado federal Eduardo Bolsonaro. Ele revelou não fazer mais sexo e criticou o Carnaval de Salvador e a comunidade LGBTQI+. As informações são do Extra.

O dono de sucessos como "Milla" e "Beijo na boca" disse que decidiu se abster de sexo, após em 2016, ter a cabeça modificada. Segundo Netinho, "não podia ver um buraco de fechadura que me dava tesão". O baiano contou ainda, que não faz mais sexo na vida. 

Paraense faz post valorizando o próprio trabalho e viraliza nas redes sociais

Em 2010, Netinho revelou ser bissexual. No entanto, na entrevista ao filho de Bolsonaro, ele criticou a comunidade LGBTQI+. 

"Se esse pessoal LGBT não vivesse de acordo com o fiofó, porque eles vivem assim, pensando no fiofó, estariam hoje comandando o Brasil junto com o Jair (Bolsonaro), apoiando o Jair, ia ser maravilhoso. Mas eles foram doutrinados a enxergar a vida pela lente do fiofó", comentou o cantor. 

Boca Rosa é internada no Albert Einstein em São Paulo

Netinho também fez críticas ao Carnaval de Salvador, onde vive atualmente. Segundo ele, "as famílias que têm filhos adolescentes não querem mais levar para a Bahia. Vai ver homem se beijando com homem, abaixando o short no meio da rua para o pessoal do camarote assistir, os camarotes são inundados de drogas".

Veja o vídeo da entrevista:



Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS