Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$
POLÊMICA

Após ser presa, bailarina do Faustão desabafa: 'só porque sou branca e loira'

terça-feira, 21/07/2020, 14:54 - Atualizado em 21/07/2020, 15:00 - Autor: Com informações Metrópoles


Natacha Horana nega acusações de desacato e diz que irá processar o Governo
Natacha Horana nega acusações de desacato e diz que irá processar o Governo | Reprodução/ Instagram

Após ser presa por agressão a guardas municipais em Balneário Camboriú, em Santa Catarina, Natacha Horana decidiu falar sobre o assunto. A bailarina do Faustão, de 28 anos, procurou o colunista Léo Dias, do Portal Metrópoles, para dar sua versão do ocorrido e desabafar. Segundo ela, não havia festa e apenas oito pessoas estavam na casa, ao contrário da alegação policial.

A jovem nega que tenha desacatado ou agredido os guardas que entraram na casa. “Nem verbalmente eu agredi. Toda a calma possível. Eu falei: ‘Gente, o que está acontecendo? Vocês não podem encostar em mim’. Aí o guarda: ‘Você acha que a gente não pode? Você quer ver se a gente não pode?’. Toda hora abusando da autoridade. Nenhum momento ele falou para mim o que estava acontecendo. Já chegaram com um mandado de prisão”, disse.

Ela disse também que sofreu preconceito por ser branca e loira. “Nem um cachorro se trata assim como eles me trataram. Nem um cachorro se joga no camburão sem eu ter feito crime algum. Isso está injusto, é uma injustiça. Por que? Só porque eu estava em um apartamento? Só porque eu sou branca e loira ninguém vai ficar do meu lado? Inclusive, o delegado, quando cheguei lá, ele falou: ‘Ah, essa patricinha'”, declarou.

Na delegacia, ela contou ter sido maltratada. “O delegado me tratou igual a um animal. Me deixou em um lugar escuro, algemada. Falei: ‘Por favor, posso tirar a algema?’. Ele: ‘É, você tá se achando, sua patricinha. Você tá me tirando. Quem você pensa que é?’. Falei que não pensava ser ninguém. Eles entraram no apartamento sem mandado sem nada. Pode isso? Claro que não pode. É um abuso de autoridade”, ressaltou.

Assista a entrevista na  íntegra!

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS