Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$
EFEITO PANDEMIA

Candidatos ao Big Brother serão submetidos a entrevistas virtuais

quinta-feira, 02/07/2020, 13:18 - Atualizado em 02/07/2020, 18:44 - Autor: FOLHAPRESS


Outra mudança é que os candidatos serão separados por região, não mais por cidade
Outra mudança é que os candidatos serão separados por região, não mais por cidade | Reprodução

As inscrições para a nova temporada do Big Brother Brasil já estão abertas. A nova edição deverá entrar no ar no começo de 2021 e terá algumas mudanças no processo de seleção.

Por causa da pandemia do novo coronavírus, a Globo informa que agora todos os candidatos passarão por entrevistas virtuais. Em comunicado, a emissora destaca que "a banca virtual já existia nas outras edições, mas, devido à pandemia do novo coronavírus, desta vez será realizada com todos os selecionados".

Ainda segundo a Globo, outra mudança ocorrerá no que diz respeito ao local de cada candidato às vagas. Se antes cada um era dividido por cidades, a partir de agora todos serão realocados com base em suas regiões: Norte, Nordeste, Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

Candidatos que já haviam feito o cadastro antes das novas medidas terão seus casos encaixados nessa nova linha. A migração desses cadastros será feita de forma automática.

A expectativa da Globo é que o elenco seja tão assertivo quando na edição 20. A final Big Brother Brasil 20, que deu vitória à Thelma na noite de 27 de abril, teve a maior audiência do reality desde 2010. Em São Paulo, foram 34 pontos no Ibope, e no Rio de Janeiro, 35 pontos.

Além disso, essa foi a maior audiência em uma final do reality. A temporada, sucesso da TV e nas redes sociais, teve uma média de 26 pontos de audiência em São Paulo e 27 no Rio. Ainda, naquele domingo (26), o programa batia a marca de 100 milhões de horas assistidas no Globoplay.

Com um elenco afinado e programa em alta, a visibilidade dos participantes também aumenta. As redes sociais dos participantes tiveram acréscimos significativos, principalmente daqueles menos conhecidos. Quem já tinha fãs aumentou sua exposição e seus números.

Os inscritos (anônimos no início), que antes contabilizavam juntos 205.456 fãs em suas contas no Instagram, acumulavam mais de 28 milhões de seguidores no total ao fim do reality. Já no grupo dos famosos, o número passou de 22,4 milhões de seguidores somados para mais de 64 milhões até aquele momento. Babu, por exemplo, que antes tinha 23 mil seguidores, foi para mais de sete milhões. Felipe Prior, que recentemente foi acusado de estupro, entrou com mil seguidores e hoje conta com 6,5 milhões.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS