Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$
FRAUDE

Filho de Chitãozinho pede auxílio e mente para governo, denuncia colunista

terça-feira, 19/05/2020, 10:47 - Atualizado em 19/05/2020, 10:23 - Autor: Com informações do portal Metrópoles


Filho de Chitãozinho teve nome envolvido em escândalo sobre auxílio do governo durante pandemia.
Filho de Chitãozinho teve nome envolvido em escândalo sobre auxílio do governo durante pandemia. | Reprodução

Allisson Lima, filho do cantor Chitãozinho, teria entrado com pedido para receber o auxílio emergencial de R$ 600 em nome dele e da filha alegando ser pai solteiro. As informações são do portal Metrópoles.

Latino adota 'boy sarado' de 21 anos e faz revelação; filha do cantor rebate

A denúncia foi feita pelo colunista Leo Dias, durante sua participação no programa Os Cabeças da Notícia, da Rádio Metrópoles FM 104,1. 

Segundo o jornalista, Allisson não vive com a menina, que é criada pela mãe. Além disso, ele estaria devendo seis meses de pensão alimentícia para a criança, que tem 6 anos.

A mãe da criança, a modelo Nicole Wolfensberger, não conseguiu cadastrar a filha para receber o auxílio de R$ 1.200 direcionado a mães solteiras, segundo o colunista.

Ainda de acordo com Leo Dias, Nicole e a filha estão correndo o risco de serem despejadas do apartamento em que vivem e a luz elétrica já teria sido até cortada. 

Procurado, Allisson negou que tenha feito a solicitação do benefício. Por meio da assessoria de imprensa de Chitãozinho, ele disse que "sempre teve o apoio emocional e financeiro do pai”,.

Pensão alimentícia pode ser revista se renda for afetada na quarentena

Allisson disse ainda, que “sempre honrou todos os compromissos com a filha, tanto financeiros quanto paternais" e que "no momento apenas pediu revisão da pensão, pois, como a grande maioria dos trabalhadores, está impossibilitado de exercer sua arte".

Além de trabalhar em uma produtora, Allison é músico e faz apresentações em bares e casas noturnas.

Ainda segundo a nota, "o juiz considerou pertinente o pedido e atendeu a revisão" e "os pagamentos seguem, como sempre". 

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS