Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$
NA TELA DA BAND

Eles voltaram! Veja como estão os atores de 'Jaspion', 'Changeman' e 'Jiraiya'

terça-feira, 24/03/2020, 09:39 - Atualizado em 24/03/2020, 12:40 - Autor: Com informações de UOL


| Reprodução

Desde anteontem, desavisados que sintonizam a TV Bandeirantes no fim da manhã de domingo, faixa tradicionalmente dedicada ao esporte, possivelmente têm feito três perguntas automáticas a si mesmos: 1) Será que eu fiquei louco(a)?; 2) Será que a televisão virou uma máquina do tempo?; 2) Será que a cerveja que eu tomei ontem era, na verdade, de saquê estragado?

Não, ninguém viu errado. A Band está reprisando "Jaspion", "Jiraiya" e "Changeman", clássicos da extinta TV Manchete que já passaram por diversas emissoras e que agora foram resgatados na sessão "Domingo Animado". Exibidos das 10h30 às 12h, os seriados tapam o buraco na programação deixado pela Copa do Brasil sub-20, adiada por causa da pandemia do coronavírus. Há mais de 20 anos eles não eram exibidos na TV aberta.

Reprodução/Montagem

Imagem: Reprodução/Montagem

A Band já negociava desde o início do ano, com a Sato Company, a aquisição dos direitos das produções, com a ideia de exibi-las nas madrugadas. Com a escalada da Covid-19, os planos mudaram. E o improviso não só deu certo como foi além das expectativas da própria emissora.

Segundo dados da Kantar Ibope divulgados pela Bandeirantes, as atrações registraram na Grande São Paulo audiência média de 1,9 ponto, com pico de 2,7 pontos, mais que o dobro dos números alcançados no domingo anterior. Nas redes sociais, a hashtag #JaspionNaBand bombou e chegou liderando o trending topics brasileiro do Twitter, com mais de 3.000 mensagens postadas.

Questionada pelo UOL, a Bandeirantes, no entanto, não informou se exibirá todos os 151 episódios das sagas, que devem permanecer no horário da manhã de domingo pelo menos até o retorno das transmissões esportivas ao vivo, o que deve ocorrer apenas no segundo semestre. Mas, com os bons números de audiência, e para a alegria dos fãs, a tendência é que elas continuem na grade.

Reprodução/Montagem

Imagem: Reprodução/Montagem

Você deve ter mudado bastante desde que assistiu às aventuras desses heróis japoneses pela última vez na TV. O elenco das séries também. Veja abaixo o que os principais atores fizeram desde então e como eles estão atualmente.

'Jaspion' (transmitido originalmente no Japão entre 1985 e 1986)

Hikaru Kurosaki (Jaspion)

Começou a carreira no fim dos anos 1970, aos 16 anos, trabalhando como dublê e sendo monstros em outras séries. Curiosidades: em "Jaspion", ele também atuou como dublê e nunca chegou a usar a armadura do herói em cena. Anos depois, participou de filmes infantis e familiares, mas desligou-se do mundo artístico no início dos anos 1990, passando a ganhar a vida como instrutor de mergulho.

Reprodução/Montagem

Imagem: Reprodução/Montagem

Kiyomi Tsukada (Anri)

A intérprete da atrapalhada androide Anri, parceira de Jaspion, estrelou diversas produções de super-heróis japoneses, incluindo "Máscara Nebulosa Machineman", exibida pela Bandeirantes e pela Record na TV aberta, e o longa "Kamen Rider Shin" (1992). Também abandonou a carreira artística no início dos anos 1990 e se mudou para os Estados Unidos.

Reprodução/Montagem

Imagem: Reprodução/Montagem

Junichi Haruta (MacGaren)

Intérprete de MacGaren, segundo na hierarquia dos monstros e filho de Satan Goss, ele participou de várias séries do gênero tokusatsu nos anos 1980, 1990 e 2000. Assim como Hikaru Kurosaki, também era dublê, atividade que também exercia em "Jaspion". Posteriormente, trabalhou em diversas novelas e minisséries japonesas. Continua na ativa.

Reprodução/Montagem

Imagem: Reprodução/Montagem

Hiroshi Watari (Boomerman)

Dublê, cantor e coreógrafo, viveu o policial que ajudou Jaspion em muitas enrascadas. Foi uma estrela das séries japonesas de super-herói dos anos 1980, protagonizando duas delas, "Sharivan" e "Spielvan". Costuma rodar o mundo participando de eventos de cultura japonesa. Já passou duas vezes pelo Brasil.

Reprodução/Montagem

Imagem: Reprodução/Montagem

'Changeman' (transmitido originalmente no Japão entre 1985 e 1986)

Haruki Hamada (Change Dragon)

Depois da série, trabalhou no teatro e em séries de TV e filmes, passando a exercer também o ofício de dublador. Segundo reportagem publicada no UOL em 2015, ele ainda se tornou apresentador de noticiário e ganhou destaque na área jornalística quando narrou, ao vivo, o ataque terrorista às torres gêmeas do World Trade Center, em 11 de setembro de 2001.

Reprodução/Montagem

Imagem: Reprodução/Montagem

Hiroko Nishimoto (Change Mermaid)

Teve carreira curta. Depois de pequenos trabalhos na televisão, passou por "Changeman" e, pouco depois, casou-se e deixou os holofotes. Segundo fóruns de fãs, ela também passou pelo jornalismo, atuando como repórter do canal NHK.

Reprodução/Montagem

Imagem: Reprodução/Montagem

Kazuoki Takahashi (Change Griffon)

O ex-modelo fez aparições em "Flashman", "Metalder" e "Jiraiya", entre várias outras séries. Nos anos 1990, chegou a participar de filmes japoneses de "soft porn". Ele, que saiu da área artística, ainda fez uma ponta novamente como o Change Griffon em um episódio de "Gokaiger", série de 2011.

Reprodução/Montagem

Imagem: Reprodução/Montagem

Mai Ooishi (Change Fênix)

Antes de "Changeman", já havia participado de outras produções famosas, como "Sharivan" e "Sheider". Após "Changeman", fez apenas aparições e pontas, aposentando-se das telas.

Reprodução/Montagem

Imagem: Reprodução/Montagem

Shiro Izumi (Change Pegasus)

Ator de novelas e de publicidade, participou de outras séries do estilo tokusatsu, como o "Zyuranger" —que deu origem a "Power Ranges"—, "Machineman", "Kakuranger" e "Ohranger". Também terminou fazendo pontas e saiu de cena no showbiz.

Reprodução/Montagem

Imagem: Reprodução/Montagem

'Jiraya' (transmitido originalmente no Japão entre 1988 e 1986)

Takumi Tsutsui (Jiraya)

O ninja Jiraiya continua trabalhando como dublador e ator em filmes. Já veio várias vezes ao Brasil em eventos, chegando a ser entrevistado no programa The Noite com Danilo Gentili, do SBT. Tem o hábito de jogar tênis de mesa, correr maratonas e, ao lado de Hiroshi Watari, já participou do Bate-Papo UOL em 2004.

Reprodução/Montagem

Imagem: Reprodução/Montagem

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS