Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$
ENTENDA A CONFUSÃO

Maiara e Maraísa afirmam que vão processar escritor e jornal por charge sobre nazismo

terça-feira, 21/01/2020, 16:30 - Atualizado em 21/01/2020, 16:30 - Autor: DOL


| Reprodução

A dupla sertaneja Maiara e Maraísa afirmou, por meio do perfil oficial nas redes sociais, na tarde desta terça-feira (21), que irá processar o escritor Anderson França e outros responsáveis pela publicação de uma charge na coluna de Anderson, publicada no jornal Folha de S. Paulo, em que supostamente as duas apareceriam com uma suástica nazista. 

A confusão começou quando Anderson publicou, na madrugada desta terça-feira, a crônica chamada “Silência sobre Roberto Alvim reinou entre o pessoal do axé, do sertanejo e do pagode”. 

No texto, Anderson critica a falta de posicionamento de diversos membros da classe artística brasileira - como ele diz, os que “detém os maiores e mais gordos contratos” -  sobre as declarações do ex-secretário da Cultura do governo Bolsonaro, Roberto Alvim, que foi demitido após fazer um discurso com diversas referências ao nazismo. 

O escritor cita celebridades como Whindersson Nunes, Ivete Sangalo, Thiaguinho, Anitta e a dupla Maiara e Maraísa. 

A questão é que no meio do texto há uma charge de duas cantoras, e uma das desenhadas usa uma braçadeira com um símbolo nazista. A dupla afirma que o desenho foi direcionado para elas e resolveu processar Anderson e os responsáveis pela coluna. 

As cantoras emitiram uma nota, por meio do perfil oficial nas redes sociais, em que afirmam: “uma ilustração, feita pelo mesmo autor do texto, mostra a dupla Maiara e Maraisa usando uma braçadeira com uma suástica nazista. Em tempos onde alimentar o ódio na web virou rotina, nos deparamos com tamanho absurdo”

“Associar a dupla ao nazismo é uma grande irresponsabilidade e uma agressão as cantoras que repudiam toda e qualquer atitude que remeta a essa época tão sombria da história”, continua a nota. 

“Maiara e Maraisa sempre foram e serão a favor da liberdade de imprensa, mas para tudo há de se ter bom senso e responsabilidade. Diante de tamanha agressão e irresponsabilidade, o departamento jurídico das artistas já foi acionado para que os responsáveis respondam juridicamente pelos seus atos”, declara a dupla no comunicado. 

Por sua vez, Anderson respondeu à nota, também pelas redes sociais. “Se isso não é o maior reconhecimento que uma pessoa pode ter na vida, eu já não sei mais o que é. Maiara & Maraisa, cantoras da saga da cachaça, vão me processar”, começa o texto do carioca radicada em Portugal. 

“Isso mesmo que você leu. Eu acho que elas poderiam inclusive aproveitar e pedir minha prisão. Mais: trabalhar ao lado do presidente que elas elegeram, cuja milícia me ameaça de morte. Porque processo é pouco, queridos. Eu quero muito que essas cantoras usem todo dinheiro que tem pra destruir a minha vida. Pode vir, mas vem com um Goiás de advogados”, continua Anderson. 

Veja a nota completa do escritor. 

p>(DOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS