Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
27°
cotação atual R$
PRECONCEITO

Atriz de Avenida Brasil é chamada de 'negra' e 'gorda' por bombeiro no RJ

quinta-feira, 28/11/2019, 08:55 - Atualizado em 28/11/2019, 08:54 - Autor: Com informações O Povo


| Juliana Coutinho/Divulgação Multishow

A atriz Cacau Protásio, que faz parte do elenco da novela Avenida Brasil, em reprise na Globo e do humorístico "Vai que Cola", do Multishow, sofreu preconceito de um bombeiro do Rio de Janeiro e aproveitou para usar as redes sociais e desabafar na última quarta-feira (27).

No Instagram ela falou sobre o caso de racismo que sofreu no último domingo (24), durante as gravações do filme "Juntos e Enrolados", que aconteceu no Batalhão do Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro (CBMERJ).

Reprodução/Instagram/Cacau Protási
 

Na cena, o superior da sargento Diana, personagem que Cacau interpreta, tem um sonho com ela e a vê dançando. Um dos bombeiros aproveitou para gravar a cena e acabou chamando a atriz de “negra” e “gorda”, e divulgou nas redes sociais.

"Eu faço filme, conto história, aquilo é ficção, não é realidade", disse ela no Instagram. “Racismo é preconceito, se você não sabe”, disse.


Ver essa foto no Instagram

Vídeo 2.

Uma publicação compartilhada por Cacau Protásio (@cacauprotasiooficial) em

Ver essa foto no Instagram

Vídeo 3.

Uma publicação compartilhada por Cacau Protásio (@cacauprotasiooficial) em


Em nota, o CBMERJ disse que "não compactua com qualquer ato discriminatório" e que a atitude do bombeiro não representa a corporação.

Veja a nota na íntegra:

“O Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CBMERJ) informa que não compactua com qualquer ato discriminatório. A corporação se solidariza com a atriz Cacau Protásio e já abriu procedimento interno para identificar o(s) militar(es) e apurar a conduta. O CBMERJ reforça o seu compromisso com a população de Vida Alheia e Riquezas Salvar independente de cor, gênero, raça ou qualquer outra distinção. Os atos divulgados não representam a corporação centenária que, por anos seguidos, é considerada a instituição mais confiável do Brasil".

| Juliana Coutinho/Divulgação Multishow
| Juliana Coutinho/Divulgação Multishow

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS