Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$
TRISTEZA

Esposa de Gugu conta detalhes sobre a queda e morte do apresentador

segunda-feira, 25/11/2019, 08:12 - Atualizado em 25/11/2019, 08:17 - Autor: Com informações do Portal Ric Mais


| Divulgação

A esposa de Gugu Liberato, a médica Rose Miriam di Matteo, contou detalhes de como teria acontecido a queda do marido na residência deles em Orlando, na Flórida, nos Estados Unidos (EUA).

De acordo com Rose, Gugu estava em casa com ela e os três filhos quando a tragédia aconteceu.

Em entrevista exclusiva a Luiz Bacci, da Record, Rose contou que só consegue se lembrar do momento que ouviu um barulho. Em seguida, ela relembra que foi a primeira pessoa a ver o marido caído.

Por ser médica, Rose foi em direção ao marido para iniciar os procedimentos de primeiros socorros, e imediatamente os três filhos de Gugu chegaram à sala onde o pai estava caído.

De acordo com Bacci, Rose conta que em um primeiro momento eles pensaram em levar Gugu de carro até um hospital, já que moram a um quarteirão de uma unidade na cidade. Entretanto, logo desistiram e acionaram uma ambulância para socorrer o apresentador, que chegou a residência da família em apenas cinco minutos.

Além disso, em conversa com Luiz Bacci, apresentador e amigo de Gugu, ambos demonstraram indignação pela forma que o sótão onde Gugu subiu antes de sua queda ter sido construído.

De acordo com eles, além de uma placa de madeira, parte do sótão foi construído com drywall, estrutura de onde Gugu pisou e despencou, de uma altura de aproximadamente quatro metros.

O médico neurocirurgião de Gugu, Guilherme Lepski, foi aos Estados Unidos a pedido da família do apresentador examinar o corpo do artista, e em entrevista á Record TV afirmou que nada poderia ter sido feito diferente no quadro de saúde de Gugu.

De acordo com Lepski, o atendimento recebido no Orlando Health Medical Center foi impecável.

“Do ponto de vista técnico, eu examinando com cuidado os exames, a evolução, a documentação que me foi disponibilizada, eu tendo examinado com intermédio dos profissionais que estavam cuidando dele, eu posso concluir com segurança que não havia o que pudesse ter sido feito diferentemente”.

Conforme o médico, a evolução do quadro de Gugu foi muito rápida, surpreendente e inimaginável. “Muitas vezes o processo de doença e óbito acaba acontecendo tão rápido, como foi o caso do Gugu, que deixa toda a família e as pessoas a volta estupefatas, atordoadas”, concluiu o neurocirurgião.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS