Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
SUPERAÇÃO

Apresentadora paraense do JN superou escândalo de vídeo íntimo vazado 

sábado, 05/10/2019, 21:49 - Atualizado em 05/10/2019, 21:55 - Autor: DOL


| Divulgação

Neste sábado (5), a jornalista paraense Ellen Ferreira assumiu a bancada do Jornal Nacional, da emissora Globo, fazendo uma participação especial pelo aniversário de 50 anos do telejornal. O reconhecimento pelo trabalho da profissional significa também uma superação após uma crise vivida em 2014, quando ela teve um vídeo íntimo divulgado de maneira ilegal nas redes sociais. 

Ellen Ferreira nasceu em Belém, mas mora há mais de 25 anos no Estado de Roraima, onde apresenta o Jornal de Roraima 1ª Edição. Neste sábado, ela apresentou o Jornal Nacional ao lado do jornalista Fábio William, do Distrito Federal.

O momento de consagração na carreira veio cerca de cinco anos após um momento difícil enfrentado por Ellen: em fevereiro de 2014, ela teve um vídeo íntimo divulgado de maneira ilegal por meio do aplicativo de mensagens instantâneas WhatsApp.

Na ocasião, diversos fãs da jornalista chegaram a fazer uma manifestação na Praça das Águas, na cidade de Boa Vista, capital de Roraima, em apoio à Ellen e em repúdio ao machismo.

A profissional da comunicação agradeceu, por meio de uma postagem do Facebook, o apoio do público de Roraima. 

"Quero agradecer imensamente a todos que se preocuparam comigo. Nunca imaginei passar por momentos tão tristes de uma exposição vergonhosa que feriu a mim como mulher, à minha família que tanto amo, aos meus colegas de trabalho e quem acompanha meu trabalho na TV há seis anos... Peço perdão para aqueles que me julgaram, saibam que jamais quis esse capítulo infeliz na minha vida e da mesma forma eu perdoo de alma e coração pelas palavras que doeram mais que um soco”, escreveu Ellen na época. 

“Mas de tudo a gente tira uma lição, a não confiar em algumas pessoas, a observar o julgamento cruel de quem um dia será julgado da mesma intensidade e saber em quem podemos contar na hora do desespero e da humilhação. Acredito que se Deus permitiu essa fase obscura foi porque existe daqui pra frente um propósito na minha vida”, continuou a jornalista. 

Ver essa foto no Instagram

Só o amor basta.

Uma publicação compartilhada por Ellen Ferreira (@ellenferreira___) em

Ver essa foto no Instagram

Uma publicação compartilhada por Ellen Ferreira (@ellenferreira___) em

p>“Obrigada a todos que me mandaram mensagens, àqueles que já conhecia e aos que conheci no momento de dor... nesses eu pude ver o quanto são bondosos e HUMANOS... a quem me falou 'levanta a cabeça' e estendeu a mão... Agradeço ao pessoal do movimento que ontem esteve nas ruas porque eu fui apenas uma de tantas que já passaram e passam pelo crime cibernético e sofrem por causa do machismo e da hipocrisia ... mas ainda acredito em uma humanidade menos perversa e em dias melhores , se hoje estou forte pra digitar tudo isso é devido às orações e ao amor. Aqui me despeço agradecendo pelo enorme carinho e o momento de recomeçar é agora”, concluiu Ellen Ferreira. 

(DOL)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS