Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
JUSTIÇA

Pará: sertanejo se manifesta após acusação de estupro de vulnerável 

terça-feira, 10/09/2019, 10:28 - Atualizado em 10/09/2019, 10:35 - Autor: Diário Online


Cantor foi acusado de estupro de vulnerável.
Cantor foi acusado de estupro de vulnerável. | Reprodução

O cantor Caio Rocha Meneses, da dupla sertaneja Caio Victor e Tinan, se manifestou sobre a acusação de estupro de vulnerável que levou ele a ser preso em flagrante, na madrugada do último domingo (8).

Segundo informações do boletim de ocorrência, Caio foi flagrado com uma adolescente de 13 anos dentro do quarto de um hotel em Jacundá, no sudeste paraense. 

Cantor sertanejo é preso no Pará acusado de estupro de vulnerável

A dupla tinha acabado de fazer uma apresentação artística em uma festa de debutante.

Segundo Rodrigo Lopes, representante da empresa CVT Shows, o cantor "foi solto ainda na manhã de domingo e não foi aberta nenhuma investigação contra ele."

O alvará de soltura foi concedido pelo juiz Jun Kubota, titular da Vara Única de Jacundá. 

Em nota, a assessoria do cantor informou que "trata-se de uma acusação falsa e indevida". 

ACUSAÇÕES

A nota destaca ainda, que o cantor "foi gentil em receber uma fã para um autógrafo" e que "exames comprovaram que não houve qualquer ato que pudesse dar espaço para tais acusações".

Segundo a assessoria da dupla, a agenda de shows será mantida, sem nenhum tipo de restrição. 

Confira a nota na íntegra:

"Quanto a acusação que está circulando nas redes sociais e na imprensa, esclarecemos que trata-se de uma acusação totalmente falsa e indevida. 

O cantor Caio Victor jamais causaria um constrangimento em uma moça dessa maneira, ocorre apenas que o mesmo foi gentil em receber uma fã para um autógrafo, tratando-a com o respeito devido.

Vale ressaltar que os exames comprovaram que não houve qualquer ato que pudesse dar espaço para tais acusações. 

Por fim, esclarecemos que as agendas de shows estão mantidas e irão ocorrer nas datas e horários previstos, sem nenhum tipo de restrição. 

A justiça está fazendo o seu trabalho e muito em breve teremos uma resposta concreta de tudo isso.

Confiamos na justiça e cremos em Deus que tudo será resolvido!".

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS