Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$
APÓS DEMISSÃO DE DONY

Outros dois repórteres da Globo também fizeram campanha para banco

quinta-feira, 01/08/2019, 20:44 - Atualizado em 01/08/2019, 20:44 - Autor: Redação


Uma reportagem da Veja afirma que os dois também fizeram serviços para o Bradesco; Globo comentou sobre o caso.
Uma reportagem da Veja afirma que os dois também fizeram serviços para o Bradesco; Globo comentou sobre o caso. | Reprodução

Após a demissão do âncora Dony de Nuccio, não demorou muito para que outros funcionários tivessem também suas vidas rebuscadas, entre eles os jornalistas Renata Vasconcellos e Rodrigo Bocardi.

Segundo reportagem da Veja, Dony não era o único a realizar parceria comercial com o Bradesco. A apresentadora do Jornal Nacional aparece, em imagens reveladas pelo site, ao lado de um totem com a marca da instituição financeira e a seguinte frase: “120 razões para ser cliente”.

LEIA TAMBÉM: Dony de Nuccio pede demissão da Globo após receber R$ 7 milhões do Bradesco

Já o apresentador do Bom Dia São Paulo teria emitido quatro notas fiscais referentes a serviços prestados ao banco. Todos os comprovantes foram datados do mesmo dia: 11/09/2017, mas com valores diferentes. O primeiro com uma nota de R$ 164 mil e os outros dois, R$ 56 mil. Essas faturas estão em nome da empresa BOC Produções e Palestras, que foi aberta em 2015 e pertence ao jornalista. Ele também prestou serviços para evento da Universidade Corporativa do Bradesco e fez conteúdo cujo título era “Relacionamento com o Cliente”.

Ao ser procurada pela reportagem da Veja, a Globo emitiu a seguinte nota:

Rodrigo Boccardi não tem e nem nunca teve uma empresa como a do jornalista Dony de Nuccio: não produz vídeos de nenhuma espécie, não faz projetos de comunicação, não faz vídeos publicitários, não capta clientes, não faz assessoria de imprensa. Sua PJ [pessoa jurídica] é o meio usado para que seja remunerado por palestras, mediação de debates ou apresentação de eventos, sempre fechados, sem transmissão ao público. A nota fiscal encaminhada se refere a uma série de 9 palestras, realizadas há dois anos, para funcionários, sob o título “O diferencial sou eu’, sobre a sua trajetória e carreira, em evento fechado e sem transmissão.

Renata Vasconcellos não lembra precisamente de quando foi a participação no vídeo interno ao qual às fotos se referem, mas estima que deve ter ocorrido há oito anos ou dez anos. O vídeo não foi obviamente produzido por ela: ela apenas foi contratada como apresentadora para um trabalho voltado a funcionários.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS