Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis


25°
R$

Cultura / Últimas

Últimas

'Cabaré do Brega' em show especial

terça-feira, 30/04/2019, 11:18 - Atualizado em 30/04/2019, 14:32 - Autor:


O ritmo que é símbolo do Pará está presente nas rádios e no dia a dia dos paraenses há décadas e, para comemorar, os integrantes do projeto “Cabaré do Brega” - Ximbinha, Kim Marques, Marcello Wall, Edilson Moreno e Carla Maués - realizam um show especial, hoje, a partir das 20h, no Villa Aurora. A festa também conta com as participações dos cantores Nelsinho Rodrigues, Heraldo Ramos (Fruta Quente), Chyco Salles, e ainda bandas Play 7 e Fruto Sensual.


“O brega é um dos nossos grandes ritmos. Graças a Deus, temos vários, como carimbó e a lambada, sendo o brega um daqueles que mais contagia e vai se renovando”, comenta Marcelo Wall, especialista em fazer corações apaixonados baterem mais forte. São músicas como “Don’t Cry”, “A Cura” e “Palavras”, confirmadas no repertório do show. “Meu principal sucesso, ‘Palavras’ tem 21 anos, e parece que acabou de ser lançada, todo mundo canta. O brega tem sempre uma galera nova chegando na plateia e fazendo música também”, ele comenta.


O repertório do show será baseado no primeiro e no segundo DVDs do “Cabaré do Brega”, este último gravado em fevereiro e previsto para lançamento no próximo mês. “O primeiro era 100% paraense, com músicas daqui, como ‘Gererê’, ‘Pirangueiro’ e ‘Me Libera’. Já no segundo, são clássicos da música popular, de artistas como José Augusto, Zezé di Camargo, Reginaldo Rossi e Diana, que marcaram época, e também tiveram suas músicas tidas como bregas, por ser esse romântico mais meloso”, comenta o músico Ximbinha.


As músicas, claro, passam pela releitura da banda. “Às vezes, o ritmo muda um pouco. Mas os arranjos, não mudamos muito porque são clássicos. É um espetáculo mesmo que vamos fazer, com muitos dançarinos, grande estrutura, vários convidados”, garante Ximbinha.


TURNÊ


Depois de passar mais de um ano circulando por todo o Pará, o grupo de artistas se prepara para sua segunda temporada em turnê, do novo DVD, que passará por outras cidades do Norte, como Manaus e Macapá; e também pelo Nordeste, começando por São Luís, em julho.


O Cabaré do Brega é um desejo antigo, que existe desde os tempos em que os cinco amigos eram adolescentes, em início de carreira. O tempo passou, todos se tornaram referências na música paraense e, após longos anos de estrada, os seis decidiram encarar o desafio. Kim Marques estourou para o brega logo em seu primeiro álbum, “A Dança do Brega”, de 1996. O disco contém sucessos como “Tarado do Brega” e “Brincou Comigo”.


Edilson Moreno é compositor de respeito na música regional, com cinco discos gravados. O primeiro deles, “Na Pele”, de 1992, possui “Sonho de Amor” e “Não Me Deixe Só”, canções obrigatórias em todo barzinho paraense. Carla Maués é compositora da música “Dançando Calypso” (Cavalo Manco), sucesso nacional na extinta Calypso. E Ximbinha é guitarrista reconhecido nacionalmente, reinventou o ritmo calipso, transformando em uma febre musical em todo o Brasil.


Serviço


Cabaré do Brega


Quando: Hoje, a partir das 20h


Onde: Villa Aurora (R. Gaspar Viana, 1259 - Reduto)


Quanto: R$ 20 (antecipado/pista), R$ 40 (camarote/avulso) e R$ 500 (camarote/10 pessoas)


Informações e reservas de camarotes: (91) 99122-3600


(Laís Azevedo/Diário do Pará)

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS