Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
28°
cotação atual R$
BRIFW

Agência de modelos em 3D tem teste e top model brasileira

Brazil Immersive Fashion Week discute novos formatos de criação, produção e apresentação de coleções de moda

sexta-feira, 13/11/2020, 08:47 - Atualizado em 13/11/2020, 08:54 - Autor: Com informações de UOL


Ôti, modelo virtual criada por Vitória Cribb.
Ôti, modelo virtual criada por Vitória Cribb. | Divulgação/BRIFW

Assim como em diversas áreas, o confinamento impôs a paralisação de vários processos na indústria da moda. Campanhas, editoriais e até semanas de moda foram canceladas. Mas, e se tudo isso pudesse ser realizado através de novas tecnologias que se libertam dos limites físicos?

O tema dos avatares 3D no mundo fashion foi abordado no talk "A nova realidade dos modelos virtuais", que rolou nesta quarta-feira (11) no Immersive Talks, da BRIFW.

Sediada em Londres, a MutantBoard é uma agência de modelos virtuais comandada pelas diretoras Lorena Hydeman e Julia Falkner. Além de selecionar essas modelos, a agência também ajuda a animar seus avatares e testa poses e roupas para os diferentes tipos de trabalho que podem surgir, como uma espécie de book profissional.


Como funciona O site da MutantBoard funciona como o de uma agência tradicional de modelos. São exibidas as fotos das opções agenciadas e é possível clicar em cada uma delas para ver mais fotos e vídeos. No lugar das medidas de cintura e quadril, tem a informação de sua data de ativação e de quem seu criador, que são talentos freelancer de vários cantos do mundo.


Top brasileira

Uma das estrelas da MutantBoard é a Ôti, que foi criada pela brasileira Vitória Cribb, designer e artista interdisciplinar do Rio de Janeiro que também estava presente no talk

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS