Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
31°
cotação atual R$
DESPEDIDA

Eddie Van Halen morre aos 65 anos após lutar contra o câncer

A informação foi divulgada pelo site TMZ e confirmada por Wolfgang, filho de Eddie, no Twitter.

quarta-feira, 07/10/2020, 10:18 - Atualizado em 07/10/2020, 12:03 - Autor: Redação e Folhapress


Considerado um dos grandes guitarristas do século 20, Eddie Van Hallen inaugurou um estilo muito particular de tocar que influenciou gerações posteriores de músicos.
Considerado um dos grandes guitarristas do século 20, Eddie Van Hallen inaugurou um estilo muito particular de tocar que influenciou gerações posteriores de músicos. | Reprodução/Twitter

O guitarrista Eddie Van Halen, um dos fundadores do Van Halen, morreu nesta terça-feira,6, aos 65 anos, após enfrentar um câncer na garganta. A informação foi divulgada pelo site TMZ e confirmada por Wolfgang, filho de Eddie, no Twitter.

“Não acredito que estou escrevendo isso, mas meu pai, Edward Lodewgijk Van Halen, perdeu sua longa e árdua batalha contra o câncer nesta manhã”, escreveu.

Segundo o site, nas últimas 72 horas o estado de saúde de Eddie sofreu uma grande piora - os médicos descobriram que seu câncer na garganta havia se transferido para seu cérebro, bem como para outros órgãos. Fontes ligadas ao astro disseram que ele morreu em Santa Monica, ao lado da esposa Janie.

Eddie se tratava do câncer há mais de uma década. Embora tenha sido fumante por anos, ele acreditava ter desenvolvido a doença por causa de uma palheta de metal que costumava segurar na boca. Mesmo em tratamento, ele continuou a frequentar shows e tocar com o filho Wolfgang, que se tornou o baixista do Van Halen em 2006.

“Foi o melhor pai que eu poderia pedir. Todos os momentos que passei com ele, no palco ou fora dele, foram um presente”, escreveu Wolfgang.

Nascido em Amsterdam, em uma família de músicos, Eddie se mudou para a Califórnia em 1962, aos seis anos de idade, junto com os pais e o irmão mais velho, Alex. Inicialmente, ele se dedicou ao piano e à música clássica, mas logo se rendeu à guitarra e ao rock, fundando com o irmão baterista e amigos de colégio a banda Broken Combs. Em 1972, influenciados pelo hard rock, Eddie e Alex começariam outra banda, que dois anos depois seria rebatizada de Van Halen, com Michael Anthony no baixo e David Lee Roth nos vocais.

David Lee Roth deixou a banda em 1985, mas o Van Halen prosseguiu a trajetória de sucesso com Sammy Hagar como vocalista. Houve outras mudanças na banda, mas Eddie e Alex eram presenças constantes. A banda entrou no Hall da fama do Rock em 2007 e vendeu mais de 80 milhões de discos no mundo todo. Seu último disco, “A Different Kind of Truth”, saiu em 2012, e a turnê derradeira foi em 2015.

INOVADOR

Considerado um dos melhores e mais influentes guitarristas da história do rock, Eddie Van Halen foi o principal compositor do álbum de estreia do Van Halen, em 1978, que o levou ao estrelato do rock, alcançando o 19º lugar nas paradas de música pop da Billboard. Com esse disco, ele mudou para sempre a maneira como os guitarristas pensam sobre guitarra solo e técnicas para se tocar blues. Seus sons intensos, seus harmônicos criativos, com muito vibrato, e seu uso revolucionário de batidas com as duas mãos (o tapping) e a velocidade do seu fraseado influenciaram músicos de todo o mundo. A abertura instrumental do LP, “Eruption”, foi eleita pelos leitores da revista “Guitar World” o segundo melhor solo da história da guitarra.

MÚSICOS LAMENTAM

Músicos de rock e de metal lamentaram a morte do guitarrista. “Meu coração está partido. Eddie não era somente um deus da guitarra, mas uma alma genuinamente bonita. Descanse em paz, Eddie!”, postou numa rede social Gene Simmons, um dos fundadores do Kiss.

Geezer Butler, um dos criadores do Black Sabbath, falou que achava que 2020 não poderia piorar, até saber da morte de Van Halen. “Um verdadeiro cavalheiro e um verdadeiro gênio”, afirmou em seu Twitter.

“Sinto muito”, disse o vocalista e guitarrista da banda punk Green Day, Billie Joe Armstrong.

Ex-guitarrista da banda de metal melódico Dream Theater, Mike Portnoy se disse chocado e enviou suas mais sinceras condolências.“Sem palavras”, postou no Instagram, Ray Luizer, baterista da banda de new metal Korn.

O baixista Flea, dos Red Hot Chili Peppers, disse que ele era um inovador ousado e tinha um grande coração.


Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS