Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
29°
cotação atual R$
PIPOCA NO CARRO

Exibição em drive-in chega a Belém como grande aposta para o cinema 

sexta-feira, 24/07/2020, 09:27 - Atualizado em 24/07/2020, 09:27 - Autor: Lais Azevedo


Montagem da tela

de 12 metros de largura por 7 metros de altura no estacionamento do shopping
Montagem da tela de 12 metros de largura por 7 metros de altura no estacionamento do shopping | Wagner Almeida

A repaginada que as programações drive-in tem recebido no mundo todo, como alternativa para as medidas de isolamento social na pandemia, chega hoje à capital paraense. A primeira iniciativa ocorre com seis sessões de cinema, no estacionamento do shopping Bosque Grão-Pará. Os ingressos estão sendo vendidos desde a última quarta-feira, ao valor de R$ 140 (inteira) e R$ 70 (meia), por veículo.

Chamado de “Circuito Cine Drive-In”, a programação vai receber até 100 veículos e recomenda o limite de três ocupantes, para todos visualizarem bem a tela. “Com o sucesso do drive-in em outras cidades, e vendo que a gente tem um estacionamento com um bom tamanho para isso, decidimos dar início ao projeto. E os próprios clientes, quando jogamos a ideia nas redes sociais, comentaram que queriam”, diz o gerente do shopping João Vyctor Fonseca.

A sessão de estreia, hoje, será com “Rambo: Até o Fim”, filme de 2019, e segue com títulos como “Finalmente Livres” e “Terremoto”, ambos de 2018. A tela terá 12 metros de largura por 7 metros de altura, e a sonorização será através de autofalantes direcionados para os carros, mas também será possível acessar uma frequência FM para acompanhar tudo pelo som do próprio veículo. As vagas mantêm uma distância de dois metros entre cada carro, e veículos mais altos, como pick ups, serão direcionados para vagas laterais, para não prejudicar a visão de outros carros.

E como não dá para pensar em cinema sem uma boa pipoca e outras guloseimas, a saída encontrada pela organização do evento foi disponibilizar um QR Code, que dá acesso a uma página para fazer o pedido de alimentos e bebidas. Informando a rua e o número da vaga em que o carro está estacionado, o pedido é entregue em mãos. Só será permitido sair do carro para ir ao banheiro, o que deve ser solicitado previamente usando o pisca-alerta.

SALGADO

O anúncio da programação gerou expectativa e comentários ao longo da semana, mas quando os detalhes começaram a ser informados, como o valor dos ingressos e os filmes, nem todas as avaliações foram positivas. “No caso da inteira, R$ 35 por pessoa (R$ 140 por veículo)? Gastando combustível com ar condicionado do próprio carro, ou seja, um grande custo a menos ao cinema e cobrando o mesmo preço do ingresso interno, para assistir a filmes que já estão passando no Telecine? Piada!”, comentou um internauta.

Outro fez os cálculos para a meia-entrada e aprovou: “Gostei! R$70 a meia por carro, com quatro ocupantes fica por R$17,5 cada ingresso. Um preço justo e de acordo com o que a gente está acostumado a pagar”. A organização destacou que a meia-entrada também pode ser convertida em atitude solidária. No caso em que nem todos os ocupantes do veículo tenham carteira de estudante, cada um pode doar um 1kg de alimento não-perecível, que será destinado para comunidades ribeirinhas que também receberão uma exibição de cinema gratuita.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS