Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
24°
cotação atual R$
REPRESENTATIVIDADE

Perfis de LGBTQIA+ paraenses para seguir nas redes sociais

sexta-feira, 26/06/2020, 00:12 - Atualizado em 26/06/2020, 00:12 - Autor: Diario Online


| Reprodução/Instagram

A produção de conteúdo LGBTQIA+ vem crescendo nas redes sociais e não só falando sobre questões da comunidade em si, mas também sobre temas diversos. Nesse mês do orgulho, o DOL preparou uma lista de criadores paraenses que você vai adorar seguir nas redes sociais. Veja:

Paraense cria filtro e conteúdo especial LGBTQIA+

Playlist: artistas LGBT brasileiros pra você ouvir e ferver

Teste: você sabe o significado dessas gírias entre os gays?

Marcos Melo (@marcosmeloreal)

Estudante de jornalismo, Marcos é ativista LGBTI e produz conteúdo exclusivo sobre a causa. Recentemente, ele criou uma plataforma para o projeto Poc News, que já era desenvolvido no IGTV do Instagram dele. O conteúdo é diretamente ligado com a profissão de Marcos e traz notícias sobre conquistas, lutas LGBTIs, e muito mais.

Leona Vingativa (@leonaoficial)

Ícone paraense, Leona é uma mulher trans iniciou a carreira digital ainda na adolescência com vídeos de humor no Youtube. Em 2019, ela protagonizou um mini-documentário biográfico chamado de "Leona - O filme", que foi lançado durante o Festival "Cinema em Transe", em São Paulo. Os vídeos mais conhecidos de Leona retratam a relação dela com os problemas ambientais de Belém, como: excesso de lixo, alagamentos e outros, sempre regados de muito humor e ironia.

Flores Astrais (flores.astrais)

Artista e travesty, Flores Astrais usa as redes para mostrar um pouco do trabalho dela, em especial, as 'montações', que consiste no processo de aplicar maquiagem e roupas para assumir a persona themônia. Conheça:

Nay Jinknss (nayjinknss)

Fotógrafa, Nay expõe um olhar artístico e cheio de personalidade nos registros que publica no Instagram. Situações cotidianas são capturadas por ela de uma forma única, demonstrando sensibilidade e muito talento.

Jonas Amador (jonasamador)

O também fotógrafo e criador de conteúdo, Jonas Amador, ganhou o coração dos seguidores paraenses por trazer a regionalidade no material que produz. Além disso, ele também fala sobre a pauta LGBTQIA+ e oferece dicas de aplicativos valiosos para quem trabalha no meio digital.

Julyanne Forte (julyanneforte)

Jornalista, bissexual e produtora de conteúdo digital, Julyanne usa o Instagram para divulgar projetos de outros criadores, em formato de entrevista, como é o caso do quadro Café com a Ju, além de dar dicas sobre cabelo cacheado, cuidados com plantas e outros temas.

Isabella Pamplona (bellaprajesus)

Isabella é dona de uma conta no Instagram cheia de fotos inspiradoras para quem adora seguir perfis do ramo da beleza e da moda. Ela é modelo, maquiadora e compartilha o dia a dia profissional e pessoal com os seguidores.

Ver esta publicação no Instagram

🖤🖤🖤

Uma publicação partilhada por Isabella Pamplona (@bellaprajesus) a

Rafael W (@rafawkes)

Cultura, cinema, música são alguns temas que Rafael aborda no Instagram. Homossexual, o criador de conteúdo também fala sobre a pauta LGBTQIA+, em especial dentro do recorte que ele faz parte. Veja o conteúdo:

Ver esta publicação no Instagram

O Brasil nunca soube lidar com a homossexualidade, ou com qualquer pauta que envolva a sexualidade. Preconceito, violência, repressão, negação de direitos... ser homossexual é viver numa realidade onde direitos básicos são vistos como privilégios.⁣ ⁣ Recordar pontos básicos, mas essenciais, na história de como o Brasil lidou (e ainda lida) com a homossexualidade é recordar que seguimos na luta pela nossa visibilidade e reconhecimento da existência, como qualquer cidadão e ser humano.⁣ ⁣ Que as lembranças das nossas lutas diárias não sejam somente no mês de Junho. Mantenha a bandeira do orgulho sempre de pé.⁣ ⁣ #LGBTQI #MESDOORGULHOLGBTQ #GayPride #OrgulhoGay

Uma publicação partilhada por Rafael W. (@rafawkes) a

Kadu Alvorada (kadualvorada)

Kadu produz conteúdos voltados para a população LGBTQIA+, com ênfase na questão racial, isso fica bem claro no perfil do jornalista que se apresenta como Bicha Afro-Amazônida e Paraense. Além desse tema, ele também aborda assuntos do cotidiano como: hábitos saudáveis, looks, corte de cabelo e outros.

Igor Barcelar (@tuppiniqueen)

Humorista, Igor tem a capital Belém como principal inspiração do conteúdo publicado nas redes sociais. Ele tem um quadro especial chamado "Coisas Aleatórias sobre Belém do Pará", além de fazer dublagens. Conheça:

EDITADO: O DOL esclarece que houve um engano e que um dos criadores de conteúdo mencionado inicialmente na reportagem não faz parte da população LGBTQIA+ e foi removido do texto. Ressaltamos que a única intenção destas indicações é dar visibilidade e demonstrar apoio a toda a sociedade LBGTQIA+.

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS