Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
30°
cotação atual R$
INCENTIVO

Governo lança edital de cultura ampliado e com novidades

segunda-feira, 16/03/2020, 09:37 - Atualizado em 16/03/2020, 09:37 - Autor: Wal Sarges


Amazônia Jazz Band será a atração da noite de lançamento.
Amazônia Jazz Band será a atração da noite de lançamento. | Sérgio Malcher/Divulgação

Com abrangência ampliada, o edital Preamar de Cultura e Arte será lançado nesta terça-feira, 17, no Theatro da Paz pelo Governo do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Cultura (Secult). A solenidade marca uma série de iniciativas que serão lançadas neste dia para o fortalecimento da cultura, além de um show especial da Amazônia Jazz Band.

De acordo com a secretária de Estado de Cultura, Ursula Vidal, o edital passou por uma reformulação e deve beneficiar diversas iniciativas culturais. “Neste ano, nós decidimos ampliar o edital que se chamava Preamar de Cultura Popular e agora, Preamar de Cultura e Arte. Antes, ele estava mais voltado para as práticas de comunidades tradicionais, como o carimbó, a capoeira e algumas expressões que dizem respeito ao imaginário amazônico, como as tradições da cultura popular que são transmitidas, muitas vezes, de guardiões de pássaros e de mestres e mestras de cultura. Com este novo formato, vamos englobar todas as expressões artísticas, incluindo as cênicas, a dança, as artes visuais e a música”, explica.

Ursula explica ainda que o valor do prêmio também passou por mudanças. “Nós ampliamos o escopo de abrangência do edital, passando para 100 prêmios de R$28 mil, mas não só aumentamos o número de prêmios, como também aumentamos o valor dele”, acrescenta.

O Programa Territórios Pela Paz (TerPaz), que conta com ações integradas realizadas em parceria com o Governo do Pará, é um amplo esforço de 27 secretarias e órgãos públicos para a redução da vulnerabilidade social e o enfrentamento das dinâmicas da violência. O programa e 12 regiões de integração também serão beneficiadas com o Preamar, informa a secretária.

“Vamos estabelecer um número determinado de prêmios para cada região de integração, abrangendo assim, as 12 regiões de integração, com uma política um pouco mais atenciosa com os Territórios Pela Paz, que têm ações integradas do governo para o desenvolvimento socioeconômico de políticas públicas que valorizem e potencializem todas as capacidades e talentos das comunidades que estão recebendo essas ações do governo”, completa.

SOLENIDADE

Ainda durante a solenidade, no Da Paz, o governador assinará um decreto que estabelece o valor da renúncia fiscal, no exercício 2020. A secretária informa que essa medida será importante para fazedores de cultura do estado.

“Nós acreditamos que será um impulso muito positivo para a cultura. Estamos fazendo uma interlocução com as empresas, com as associações, inclusive a própria Associação Comercial do Pará é uma parceira nesse processo por meio da sua universidade corporativa da sua câmara técnica de Contabilidade, dando um suporte para as empresas, explicando como opera a Lei Semear e instrumentalizando essas empresas com todo material necessário para fazer adesão”, destaca.

Outra parceira, segundo Ursula, é a secretaria de Fazenda (Sefa). “Ela procura dinamizar e desburocratizar o processo para que nós tenhamos uma ativação ainda maior da nossa economia criativa, que está ligada a essas manifestações culturais e artísticas, o que é muito bom inclusive para o próprio turismo dentro do estado do Pará”, ressalta.

Mirando numa arrecadação maior, a exemplo de outros países, o estado só tende a ganhar, observa a secretária. “Em todos os países que abraçaram a cultura e o turismo como um vetor importante do movimento, nós percebemos que há um investimento não só do estado, mas também da iniciativa privada, porque compreendem que você gera uma arrecadação de impostos extremamente significativa, gera emprego, renda e esses arranjos produtivos locais, que acabam sendo ativados, têm um tendência de estruturar cada vez melhor não só os eventos, como essa imensa rede de fazedores de cultura”, argumenta.

SELO CULTURA

Durante o lançamento do edital Preamar de Cultura e Arte Será será lançado também o Selo Cultura Pará – Empresa Amiga da Cultura. “A criação do Selo é uma forma de valorizar as empresas que, ao longo dos anos, vêm contribuindo para o desenvolvimento da nossa cena cultural. Essas empresas, neste ano, vão poder aumentar o número de projetos patrocinados e apoiados e inspirar outras empresas a partir da utilização desse selo, mostrando que os números divulgados no mundo todo demonstram que investir em cultura é um bom negocio para a marca, para o território, para a comunidade, para o turismo”, elogia.

“É um jogo de ganha-ganha”, continua ela. “Ganham os fazedores e produtores culturais, ganha a nossa cena cultural, temos uma rede que se fortalece de fazedores de cultura e o turismo se beneficia muito porque os eventos se tronam melhor organizados, mais profissionalizados, atingindo um público cada vez maior”, frisa.

Serviço:

Lançamento do edital Preamar de Cultura e Arte e Selo Cultura Pará 

Quando: Terça-feira (17), às 20h.

Onde: Theatro da Paz (Praça da República).

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS