Edição do dia

Edição do dia

Leia a edição completa grátis

Previsão do Tempo
25°
cotação atual R$
STEPHEN KING, 72 ANOS

Veja curiosidades assustadoras sobre o mestre do terror

sábado, 21/09/2019, 17:27 - Atualizado em 21/09/2019, 18:48 - Autor: Andressa Belo, especial para o DOL


Stephen King completa 72 anos neste sábado (21), comemorando da melhor forma que sabe fazer: escrevendo. E escrevendo muito!
Stephen King completa 72 anos neste sábado (21), comemorando da melhor forma que sabe fazer: escrevendo. E escrevendo muito! | Reprodução

Stephen King, um dos maiores nomes da literatura (de terror e geral), completa neste sábado 72 anos. Para comemorar a data, o DOL traz para você, amigo que não perde uma oportunidade de tomar um bom susto, um compilado de curiosidades a respeito do autor.

Vamos começar?

 1. Nascido em 1947, na cidade de Portland, no Maine. Como forma de homenagear a sua origem,  muitos livros dele se passam no estado americano, mas em cidades fictícias que ele cria para se passarem as histórias, por exemplo Carrie, IT e Cemitério Maldito, entre outros.

 

2. Por ter sido abandonado pelo pai ainda quando criança, ele começou a ler e a se interessar bastante por histórias de terror como hobby, por isso ele retrata tanto a ideia presença de crianças e adultos e a questão do amadurecimento precoce, como em IT, por exemplo, em que crianças participam ativamente da trama.

3. Medo do número 13: ao escrever suas obras, por exemplo, ele jamais para em páginas do número 13 ou múltiplos de 13. Que “It, a coisa”, não?

4. Em 1999, ele foi atropelado perto de sua casa por uma van, teve traumatismo craniano, fraturou o quadril e quebrou a perna em 9 partes. E como maior parte dos livros do Stephen King são bastante autobiográficos, essa história da van rendeu o enredo de “Misery, ou “Louca Obsessão” no título brasileiro.

 

5. A primeira versão de Carrie foi parar no lixo: sim ele jogou fora. Foi sua mulher, Tabitha Spruce, quem resgatou os papéis e pediu para ele reescrever, falando que aquela era uma boa história e que seria uma grande obra. Carie foi o primeiro livro do autor e foi um grande best seller na época. Que bom que ela insistiu, né?

6. Quando Stephen King soube que teve um atirador de uma escola dos EUA que foi influenciado por seu livro “Rage” (“Raiva”, no Brasil), ele proibiu a publicação da obra no mundo todo. 

7. Ele lê 80 livros por ano. Um fã perguntou isso via twitter e teve a seguinte resposta:

8. De acordo com o guines book, é o autor que mais tem livros adaptados para histórias do cinema. E mesmo você, que morre de medo ao ponto de ter uma cama box só para o capiroto não caber em baixo, já deve ter visto alguns filmes baseados em suas histórias e contos, como “Um sonho de liberdade”, “A espera de um milagre” e “Conta comigo”.

9. Ele odeia Donald Trump. As publicações a respeito do presidente dos EUA são constantes. Além de ter apelidado o Donald Trump de Blabbermouth Don (algo como Don Tagarela), ele foi bloqueado pelo atual presidente no twitter, enquanto que em 2014 recebeu de Barack Obama a Medalha Nacional das Artes pela sua contribuição para a literatura.

10. Sabe os Easter eggs,  as famosas mensagens subliminares de filmes e séries? Então, há referências às obras do autor em diversos filmes que você jamais imaginaria, como os de Toy Story 1 e 4, da Pixar:

    ■ O longa "O Iluminado" é homenageado na primeira animação de "Toy Story”. Quando Buzz Lightyear e Woody tentam fugir da casa do personagem Sid, eles atravessam um corredor no andar de cima e cruzam por um tapete similar ao que aparece no clássico de terror dirigido por Stanley Kubrick:

 

    ■ Já em Toy Story 4 há uma referência explícita, pois no momento em que Woody se encontra no antiquário onde boa parte da ação do filme se desenrola, a trilha sonora se transforma na faixa "Midnight, The Stars and You", canção que ficou famosa na cena final de O Iluminado. Sinistro, não?

11. De acordo com o Guines Book, é o autor que mais tem livros adaptados para histórias do cinema e já vendeu 350 milhões em livros.

12. Stephen King escreveu “Sobre a escrita – A arte em memórias” onde ele conta sobre sua trajetória como escritor e diz que “livros seriam telepatia” pois ao escrever suas obras, depois as pessoas lerão o que ele pensou. 

Agora nos resta esperar ansiosos pelas adaptações de filmes mais esperadas para o ano de 2019, como IT 2, que já está nos cinemas, In the Tall Grass e Doutor Sono, sequência de O Iluminado. Enquanto isso, que tal separar a pipoca, o refri e o brigadeiro para finalizar bem o dia e comemorando o aniversário do nosso mestre do horror? Afinal “all work and no play makes jack a dull boy.”

via GIPHY

Conteúdo Relacionado


0 Comentário(s)

MAISACESSADAS